Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Zagueiro e técnico do Duque de Caxias serão julgados pelo STJD

Lanterna da Série B, o Duque de Caxias pode ter mais dois problemas visando esta reta final de competição. O zagueiro Paulão e o técnico Paulo Campos deverão ser julgados nesta quarta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), pelas expulsões na partida contra o Salgueiro, em Volta Redonda, no dia 6 de setembro.

De acordo com a súmula da partida, assinada pelo árbitro Adriano Milczvski, o defensor da equipe carioca recebeu o segundo cartão amarelo aos 21 minutos do segundo tempo, após agarrar o atacante Marabá. O atleta foi enquadrado no artigo 250 do Código de Justiça Desportiva (praticar ato desleal ou hostil durante a partida), com pena de uma a três partidas.

Paulo Campos, por sua vez, foi expulso aos 36 minutos do segundo tempo, pois reclamou acintosamente do árbitro, afirmando: ‘temos que jogar contra 12! Isso é uma vergonha’.

Com o fato, o treinador foi denunciado no artigo 258, parágrafo 2 (desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões). A pena para esta acusação varia de um a seis jogos de suspensão.

Após 25 rodadas, o Duque de Caxias tem apenas dez pontos ganhos, 19 atrás do Icasa, primeira equipe longe da zona de rebaixamento. A próxima partida do time carioca será nesta terça-feira, contra o também ameaçado São Caetano, às 20h30 (de Brasília).