Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Zagueiro croata é punido e fica fora da Copa 2014

Josip Simunic fez saudações fascistas ao comemorar vaga para o Mundial

A Croácia, adversária do Brasil na abertura da Copa, já tem um desfalque para o Mundial: o zagueiro Josip Simunic, de 35 anos, foi punido pela Fifa nesta segunda-feira por causa de uma comemoração nazista e pegou 10 jogos de suspensão – que serão cumpridos durante a Copa. Além disso, o zagueiro recebeu uma multa de 30.000 francos suíços (aproximadamente 78.500 reais).

Leia também:

Brasileiro obtém cidadania portuguesa e pode disputar Copa

Seleções escolhem suas bases para a Copa de 2014

Alemanha desaprova hotéis e decide erguer casa na Bahia

Felipão convocará seleção para a Copa no dia 7 de maio

Após a classificação da Croácia para a Copa – vitória sobre a Islândia por 2 a 0, pelo playoff europeu, em novembro -, Simunic foi comemorar com a torcida e, com um microfone na mão, gritou saudações utilizadas pelo grupo fascista Ustasha na Segunda Guerra Mundial – organização croata de extrema-direita que, com o apoio de Hitler, comandou o país na década de 40 com atos terroristas. Segundo a Fifa, a atitude do zagueiro fere o Código Disciplinar da entidade, por ser discriminatória e ofensiva. O jogador garantiu que não fez nada de errado. “Fui motivado unicamente pelo amor pelo povo croata e pelo país.” Simunic também foi multado pela Justiça da Croácia, em novembro. Ele foi proibido de entrar no estádio nas dez partidas punitivas.

(Com Estadão Conteúdo)