Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Yane Marques termina em 23º lugar no pentatlo moderno

Ouro foi conquistado pela australiana Chloe Esposito, prata ficou com a francesa Elodie Clouvel, e o bronze com a polonesa Oktawia Nowacka

Por Da redação 19 ago 2016, 18h49

A pernambucana Yane Marques, porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura da Rio-2016, encerrou sua participação nos Jogos Olímpicos na 23º posição na classificação final do pentatlo moderno, que foi concluído nesta sexta-feira. Yane terminou a competição com 1.269 pontos, sendo 298 em natação, 196 em esgrima, 286 no hipismo e 489 no combinado de corrida e tiro.

LEIA TAMBÉM:
Rio-2016: Yane Marques será porta-bandeira do Brasil

O ouro foi conquistado pela australiana Chloe Esposito, que totalizou 1.372 pontos, à frente da francesa Elodie Clouvel, que ficou com a medalha de prata ao somar 1.356. A polonesa Oktawia Nowacka, que liderava até a última prova, terminou com o bronze, ao fazer 1.349 pontos.

Na última prova, Yane largou 1m07s depois da então líder, Nowacka, e teve bom desempenho nos tiros, mas caiu da 17ª para a 23ª colocação geral. A brasileira ainda ficou à frente da campeã olímpica de 2012, a lituana Laura Asadauskaitė, que terminou na 31ª posição, com 1.072 pontos.

Única representante do país no pentatlo moderno feminino na Rio-2016, Yane também é a única atleta brasileira a conquistar uma medalha olímpica na modalidade, em 2012, em Londres, quando levou o bronze.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade