Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Yane Marques termina em 23º lugar no pentatlo moderno

Ouro foi conquistado pela australiana Chloe Esposito, prata ficou com a francesa Elodie Clouvel, e o bronze com a polonesa Oktawia Nowacka

A pernambucana Yane Marques, porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura da Rio-2016, encerrou sua participação nos Jogos Olímpicos na 23º posição na classificação final do pentatlo moderno, que foi concluído nesta sexta-feira. Yane terminou a competição com 1.269 pontos, sendo 298 em natação, 196 em esgrima, 286 no hipismo e 489 no combinado de corrida e tiro.

LEIA TAMBÉM:
Rio-2016: Yane Marques será porta-bandeira do Brasil

O ouro foi conquistado pela australiana Chloe Esposito, que totalizou 1.372 pontos, à frente da francesa Elodie Clouvel, que ficou com a medalha de prata ao somar 1.356. A polonesa Oktawia Nowacka, que liderava até a última prova, terminou com o bronze, ao fazer 1.349 pontos.

Na última prova, Yane largou 1m07s depois da então líder, Nowacka, e teve bom desempenho nos tiros, mas caiu da 17ª para a 23ª colocação geral. A brasileira ainda ficou à frente da campeã olímpica de 2012, a lituana Laura Asadauskaitė, que terminou na 31ª posição, com 1.072 pontos.

Única representante do país no pentatlo moderno feminino na Rio-2016, Yane também é a única atleta brasileira a conquistar uma medalha olímpica na modalidade, em 2012, em Londres, quando levou o bronze.

(Com agência EFE)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Noélio Heluy Ferreira

    Mesmo assim… parabéns Yane! Se quer criticar, ponha seu nome lá pra competir. Lembro da felicidade que ela nos deu no passado.

    Curtir