Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Wiggins vence etapa e garante título da Volta da França

Por AE

Chartres – Bradley Wiggins confirmou neste sábado seu nome entre os maiores atletas na história do ciclismo. Ele garantiu o título da principal competição da modalidade, a Volta da França, se tornando o primeiro britânico a conseguir este feito, ao vencer neste sábado a penúltima etapa, em prova contra o relógio.

A Volta da França ainda terá a última etapa, neste domingo, mas, como acontece tradicionalmente, os ciclistas farão uma espécie de desfile até a Champs-Elysées. Desta forma, Wiggins se tornou o primeiro atleta de seu país a vencer a competição, que tem 99 anos de história, já neste sábado.

E o britânico dominou a Volta da França desde a sétima etapa, quando tirou a camiseta amarela (dada ao competidor com melhor tempo no geral) do suíço Fabian Cancellara. Sua conquista representa a ascensão do país no ciclismo, até porque o segundo colocado no geral, Christopher Froome, também é da Grã-Bretanha.

Ambos confirmaram o bom momento neste sábado. Wiggins terminou os 53,5 quilômetros entre Bonneval e Chartres como o mais rápido, com o tempo de 1h04min13s, enquanto Froome foi o segundo, 1min16s atrás. A terceira colocação ficou com o espanhol Luis León Sanchez.

Quem comemorou o resultado foi a equipe Sky, pela qual competem os dois britânicos. Neste sábado, Wiggins foi o último a pedalar, já que a penúltima etapa tradicionalmente leva os ciclistas à pista na ordem inversa da classificação geral, mas conseguiu sua segunda vitória na Volta da França deste ano, a segunda em provas contra o relógio.

“Não consigo explicar como me sinto agora. Estou sentindo muitas emoções neste momento”, declarou o britânico. “É algo que só acontece nos sonhos, vencer a última prova contra o relógio e garantir o título”, celebrou.

Com a vitória deste sábado, Wiggins seguiu na liderança da Volta da França, com o tempo de 84min26s31, seguido por Froome, 3min21s atrás. A terceira colocação ficou nas mãos do italiano Vincenzo Nibali, da Liquigas, 6min19s atrás do campeão.