Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Wenger torce por boa recepção a Nasri na volta ao Emirates

Após se recusar a estender contrato com o Arsenal e se transferir para o Manchester City por 24 milhões de libras em agosto, o meia Samir Nasri vai reencontrar sua ex-equipe pela primeira vez nesta terça-feira, quando Gunners e Citizens duelam pela Copa da Liga Inglesa. Um dos principais responsáveis pela ascensão do jogador francês, o técnico Arséne Wenger torce para que os torcedores no Estádio Emirates não sejam hostis a Nasri.

‘Espero que Samir tenha uma boa recepção. Eu quero que todos os jogadores que atuaram aqui sejam respeitados quando voltarem. Nasri evoluiu tremendamente conosco. Ele era um atleta que não fazia gols e passou a ser um jogador que pode decidir uma partida’, lembrou Wenger.

No Manchester City, Nasri vem fazendo parte da campanha invicta no início do Campeonato Inglês. Com 35 pontos somados em 39 possíveis, os Citizens lideram o torneio com cinco pontos de vantagem para o segundo colocado Manchester United. Já o Arsenal começou mal a competição, mas já não perde há seis jogos e está na sétima posição, com 23 pontos.

Comandante do último time que conquistou o Campeonato Inglês de forma invicta, na temporada 2003/2004, Wenger acredita ser pequena a possibilidade de o feito seja repetido neste torneio pelo Manchester City.

‘Acho improvável, mas nunca se sabe, não se pode duvidar. Todavia, às vezes você precisa de um pouco de sorte – e assistindo ao jogo contra o Liverpool (empate por 1 a 1, no último domingo) vi que eles já poderiam ter perdido’, declarou o treinador.