Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Webber vence em Mônaco e dá à F-1 marca inédita; Massa é o 6º e Bruno pontua

Por Da Redação - 27 maio 2012, 11h46

Monte Carlo, 27 mai (EFE).- O australiano Mark Webber, da Red Bull, venceu neste domingo o Grande Prêmio de Mônaco e obteve uma marca inédita para a Fórmula 1, que agora tem seis pilotos diferentes vencedores das seis primeiras provas de uma temporada.

O segundo colocado na prova disputada hoje nas ruas de Monte Carlo foi o alemão Nico Rosberg, da Mercedes. O espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, completou o pódio ao chegar em terceiro, e agora lidera a classificação geral com 76 pontos. Com três a menos estão o próprio Webber e o alemão Sebastian Vettel, seu companheiro de equipe e atual bicampeão mundial, que chegou hoje em quarto.

Felipe Massa, da Ferrari, chegou na 6ª posição, logo atrás do inglês Lewis Hamilton, da McLaren, e conseguiu seu melhor resultado em 2012. O piloto brasileiro tem recebido muitas críticas da imprensa especializada por seu fraco desempenho neste ano, e até o presidente da escuderia italiana, Luca di Montezemolo, cobrou publicamente performances melhores.

O outro brasileiro no grid, Bruno Senna, também terminou a prova deste domingo na zona de pontuação, em 10º, e se saiu melhor que seu companheiro de Williams, o venezuelano Pastor Maldonado, que se envolveu em um acidente logo após a largada e abandonou.

Publicidade

Quem teve um fim de semana para esquecer foi o inglês Jenson Button, da McLaren, que sequer avançou à superpole do treino classificatório e, além de ter largado em 12º, se chocou com o finlandês Heikki Kovalainen na 72ª volta e também teve que deixar a corrida.

Com a vitória de Webber, o início da temporada 2012 da F-1 supera um recorde que vigorava desde 1983, quando Nelson Piquet (Brabham), o inglês John Watson (McLaren), os franceses Alain Prost (Renault) e Patrick Tambay (Ferrari), e o finlandês Keke Rosberg (Williams) venceram, nessa ordem, as cinco corridas iniciais.

Neste ano, Jenson Button, Fernando Alonso, Nico Rosberg, Sebatian Vettel, Pastor Maldonado e agora Webber chegaram em primeiro, respectivamente, nos GPs de Austrália, Malásia, China, Bahrein, Espanha e Mônaco.

A próxima prova da temporada 2012 será o GP do Canadá, em Montreal, no dia 10 de junho. EFE

Publicidade