Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Wallyson quer estar 100% para ser titular no Cruzeiro

Por Da Redação 13 fev 2012, 14h14

Por AE

Belo Horizonte – Mesmo tendo ficado afastado durante quase todo o segundo semestre de 2011 por causa de uma cirurgia no tornozelo esquerdo, Wallyson terminou o ano passado como segundo artilheiro do Cruzeiro na temporada. Por isso, a expectativa para o retorno do atacante à equipe titular é grande. Ele participou, vindo do banco, dos dois jogos do Campeonato Mineiro até aqui, mas espera estar 100% para reassumir a titularidade.

“Estou 90% já. Falta pouco para eu estar 100%. A cada dia que passa sinto menos dor, que é o mais importante. Acho que com mais uma ou duas semanas eu já vou poder suportar 90 minutos”, comentou Wallyson, que passou pela cirurgia em 7 de agosto do ano passado e desde então vem em processo de recuperação.

O jogador, porém, sabe que os titulares hoje são Anselmo Ramon e Wellington Paulista e que, para assumir um lugar entre os 11 iniciais, vai precisar mostrar serviço. “Tenho que trabalhar muito para recuperar meu espaço na equipe. O Paulista e o Anselmo estão muito bem, estão marcando gols em todos os jogos. Fico feliz por vê-los fazendo gols e ajudando a nossa equipe”, diz Wallyson.

Até aqui, o Cruzeiro fez quatro jogos na temporada: dois amistosos e dois pelo estadual. Nas partidas amistosas (derrota para o América-MG, vitória sobre o Mamoré), Wellington Paulista foi quem anotou todos os quatro gols celestes. Já pelo Campeonato Mineiro, o ataque da equipe só balançou as redes diante do Tupi, no domingo, uma vez que o time perdeu de 1 a 0 para o Guarani na estreia. Anselmo Ramon marcou duas vezes e Wellington uma.

Diante do começo de ano inconstante da equipe, Wallyson espera um ano de 2012 melhor que 2011. “No ano passado, a nossa equipe tinha um pouco mais de experiência, com jogadores que já estavam no Cruzeiro há muito tempo, e que saíram. Agora temos novos jogadores, que estão no primeiro ano de Cruzeiro e ainda sentem a pressão inicial de trabalho. Espero que este ano seja diferente do ano passado, que a nossa equipe esteja ligada o tempo inteiro para não ser surpreendida”, avaliou o atacante.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês