Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Vozes do Futebol: Chicão, ídolo em Campinas e medalhista olímpico

Ex-jogador da Ponte Preta e da seleção brasileira se recuperou de derrame e 4 AVCs e, aos 55 anos, segue marcando seus gols

Por Da redação Atualizado em 18 abr 2018, 18h21 - Publicado em 20 mar 2018, 12h12

Expedição Vozes do Futebol, projeto de VEJA em parceria com a Mercedes-Benz, esteve na última segunda-feira em Campinas, no interior de São Paulo, em busca de personagens e histórias sobre a maior paixão nacional. Depois de visitar a Livraria Pontes, especializada em publicações de futebol, o repórter Alexandre Senechal se encontrou com Chicão, ex-atacante com passagens por Ponte Preta, Botafogo e Coritiba medalhista de prata com a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Los Angeles-1984.

  • Chicão, de 55 anos, superou um derrame e quatro acidentes vasculares cerebrais (AVCs) e pratica o esporte até hoje – só foi proibido pelos médicos de cabecear a bola. “É difícil de largar. Sou do futebol desde que eu nasci e se tirar o futebol de mim eu posso morrer.” Confira abaixo, a entrevista com Francisco Carlos Martins Vidal, o Chicão:

    A Expedição Vozes do Futebol percorrerá 8.702 quilômetros de estradas ao longo de 40 dias, passando pelas cinco macro-regiões do país e por quinze Estados, para mostrar o impacto do esporte mais praticado no mundo na vida de brasileiros com perfis completamente distintos.

    [googlemaps https://www.google.com/maps/d/embed?mid=1zQ3S-UjM3BU0_chvUwpQZ9PNBsXsYhJf&w=640&h=480%5D

    Continua após a publicidade
    Publicidade