Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

‘Vou guardar essa data’, diz Dedé após brilhar no Vasco

Por Da Redação 10 nov 2011, 07h41

Por AE

Rio – Com uma atuação decisiva, na qual marcou dois gols e ainda participou de outro, feito por Alecsandro, o zagueiro Dedé foi o grande destaque do Vasco na goleada por 5 a 2 sobre o Universitario, do Peru, na noite da última quarta-feira, em São Januário, que classificou o time carioca para as semifinais da Copa Sul-Americana. Curiosamente, o jogador comemorou a noite de gala de sua carreira justamente no dia em que completou 100 partidas com a camisa vascaína.

“Vou guardar essa data não só pelos gols, mas também pelo 100.º jogo pelo Vasco”, afirmou o defensor, ressaltando também que foi eficiente em todos os setores do campo. “Consegui ajudar os meus companheiros não apenas no ataque como na defesa e saímos com a classificação. O time jogou na raça, na vontade e conseguimos reverter um placar que para muitos seria impossível”, acrescentou.

O Vasco chegou a estar perdendo por 2 a 1 na última quarta. Com isso, precisava ganhar por três gols de diferença para seguir vivo na Sul-Americana, pois foi derrotado por 2 a 0 no jogo de ida, no Peru. E foi justamente o que conseguiu ao marcar quatro vezes no segundo tempo. Autor de dois destes gols na heroica virada vascaína, Dedé admitiu: “Acho que eu nunca joguei uma partida assim na minha vida”.

Companheiro de zaga de Dedé, Renato Silva ressaltou a importância que a torcida do Vasco teve para a incrível reação do time, assim como o apoio dado por Ricardo Gomes, que visitou os jogadores na concentração durante o almoço da última quarta. O técnico segue em processo de recuperação do Acidente Vascular Cerebral (AVC) que sofreu, enquanto Cristóvão Borges dirige a equipe interinamente.

“A torcida nos apoiou o tempo todo. A gente sempre pensa que as coisas estão difíceis e vê que o Ricardo está se superando a cada dia, por que então não podemos nos superar dentro de campo? Por isso acho válido, e toda vez que ele aparecer, a gente vai corresponder da melhor forma”, disse o zagueiro.

Classificado para a semifinal da Sul-Americana, o Vasco agora espera pela definição do seu adversário na semifinal, que será o vencedor do confronto entre Universidad de Chile e Arsenal de Sarandí, em Santiago, na próxima quinta-feira. Na partida de ida das quartas de final, na Argentina, o time chileno venceu por 2 a 1.

Continua após a publicidade
Publicidade