Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Volta de Aranha à Arena apimenta Grêmio x Santos

Em São Paulo, Corinthians pretende aproveitar chance de terminar em 3ª

Três partidas completam a 22ª rodada do Brasileirão na noite desta quinta-feira. Em Porto Alegre, Grêmio e Santos voltam a se encontrar três semanas depois do episódio de racismo envolvendo parte da torcida gremista e o goleiro Aranha. Durante o jogo, válido pela Copa do Brasil e vencido pelo Santos por 2 a 0, torcedores gremistas chamaram o goleiro santista de “macaco”. Os atos racistas foram flagrados pelas câmeras de TV e geraram uma pesada punição ao clube gaúcho, eliminado da competição antes mesmo do jogo de volta. O reencontro de Aranha com a Arena Grêmio acontecerá às 20h30 (de Brasília) e vale pontos importantes na parte de cima da tabela. Com 35 pontos, o Grêmio é o sexto colocado e pode até terminar a rodada entre os quatro melhores em caso de vitória.

Leia também:

Cruzeiro volta a abrir sete pontos de vantagem na liderança

Casa de torcedora do Grêmio é alvo de incêndio criminoso

Torcedora afirma que xingou Aranha ‘no embalo’ da torcida

Grêmio pune a organizada que insiste em cantar ‘macaco’

Grêmio condena racismo dos torcedores – e quer puni-los

Santos surpreende o Grêmio no Sul e vence por 2 a 0

O técnico do Santos, Enderson Moreira, tentou espantar qualquer tipo de animosidade antes da partida. “O mais importante é que todos estejam tranquilos para desenvolver seus trabalhos dentro de campo.” Enderson não quer ver seu grupo abalado nem mesmo depois das declarações recentes do técnico Luiz Felipe Scolari. Durante o treino de terça, Felipão deixou escapar a insinuação de que Aranha teria armado aquela cena na Arena Grêmio para favorecer o Santos.

“Não vai nos afetar. Nosso grupo está focado no resultado, nos três pontos, não no que vai acontecer fora de campo. Temos que nos respeitar, todos querem trabalhar da melhor forma possível. Tenho muita convicção que vamos ser muito bem recebidos, que não vamos ter problemas, e que a disputa ocorrerá dentro de campo”. Ele ainda revelou que não teve uma conversa específica com Aranha sobre a volta a Porto Alegre. Enderson também descartou qualquer sentimento de vingança por enfrentar seu ex-time. “Nunca trago nada daquilo que passou. Tenho uma cabeça muito firme naquilo que quero de projeção. O que ficou para trás, ficou. Tenho grandes amigos lá, fui muito bem tratado e respeitado.” Os atacantes Robinho, do Santos, e Hernán Barcos, do Grêmio, serão as grandes atrações da partida, além, claro, do goleiro Aranha.

Itaquerão – Jogando em casa, o Corinthians pretende se aproveitar de uma abertura de rodada favorável para se manter firme entre os melhores do Brasileirão. Com os tropeços de São Paulo, Inter e Fluminense, seus concorrentes diretos, o time paulista precisa apenas de uma vitória nesta quinta, às 19h30, diante da Chapecoense para terminar a rodada na terceira colocação. “Ainda acreditamos, e muito, no título. Faltam muitos jogos, mas se queremos brigar pelo título, é importante começar a ganhar”, afirmou o meio-campista uruguaio Nicolás Lodeiro, substituto do suspenso Petros. Haverá uma alteração também na lateral direita: Fagner, suspendo, dará lugar a Ferrugem. No ataque, o técnico Mano Menezes deve apostar em Luciano Paolo Guerrero para acabar com o problema crônico de falta de gols da equipe. No outro jogo que completa a 22ª rodada, o Goiás recebe o Atlético-MG no Serra Dourada.

(Com Estadão Conteúdo e Gazeta Press)