Clique e assine a partir de 8,90/mês

Volta da França pede para polícia investigar sabotagem

Por Da Redação - 15 jul 2012, 17h00

Por AE

Foix – A organização da Volta da França disse que irá pedir à polícia francesa que investigue uma suspeita de sabotagem envolvendo a tradicional prova de ciclismo. Neste domingo, durante a 14.ª etapa desta edição da competição, cerca 30 ciclistas, dentre os quais o atual campeão, Cadel Evans, tiveram os pneus de suas bicicletas furados após passarem sobre tachinhas espalhadas na estrada. Robert Kiserlovski se acidentou e precisou abandonar a corrida.

Segundo o diretor da prova, Jean-Francois Pecheux, será bem difícil encontrar um culpado, já que milhares de pessoas acompanharam, à beira da estrada, a etapa deste domingo. De acordo com ele, as tachinhas estavam espalhadas no trecho de subida do monte Mur de Peguere, quase 40 quilômetros antes do término da etapa.

Pecheux também elogiou a equipe Sky Team por não ter reclamado de desvantagem no caso. Líder da Volta da França e da Sky Team, o britânico Bradley Wiggins também precisou trocar o pneu durante a prova deste domingo e ainda incentivou outros corredores a não se beneficiarem do incidente. A 14.ª etapa da Volta da França foi vencida pelo espanhol Luis León Sánchez, que não passou sobre as tachinhas.

Continua após a publicidade
Publicidade