Clique e assine a partir de 9,90/mês

Volantes exaltam união e força na marcação para sucesso na Macaca

Por Da Redação - 31 jan 2012, 10h24

Com seis pontos conquistados em nove possíveis, a Ponte Preta está na quarta colocação do Campeonato Paulista. Para os volantes João Paulo e William Magrão, titulares e autores de dois gols na vitória diante do Mogi Mirim, no último domingo, a equipe campineira tem duas pontos importantes para o atual momento: a união do grupo e o forte sistema de marcação montado por Gilson Kleina.

‘A união é o que vale. Nosso grupo dá certo também por causa disso desde o ano passado. Os jogadores que estão vindo têm nos ajudado, e isso é fundamental’, justificou João Paulo, em entrevista ao site oficial do clube.

Companheiro de João Paulo no meio-campo da Ponte, Magrão considera que, também, o estilo de defesa da equipe faz com que a Macaca torne-se uma equipe perigosa. ‘Eu acho que os gols estão saindo pela nossa marcação. Todos estão marcando e isso, quando nós temos a bola, nos faz ter contra-ataques efetivos. Quando nós pegamos a bola ali pelo meio, temos opções na frente e isso está positivamente ajudando a nossa equipe’, completou.

Buscando seu terceiro triunfo no Estadual, o time de Campinas não deverá contar com meia Caio, que não atuara contra o Mogi Mirim, nesta quinta, contra o Linense, no Moisés Lucarelli. Com um desconforto muscular na coxa direita, o jogador será mais uma vez poupado e deverá voltar a trabalhar fisicamente nos próximos dias. Desta forma, o armador pode ser uma opção para Kleina diante do São Paulo, no próximo domingo, pela quinta rodada do Estadual.

Publicidade