Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vinicius Jr. e Militão estão em lista de promessas para ficar de olho

Dentre as 50 promessas que jogam no futebol europeu, aparecem apenas dois brasileiros

Ano novo começando e é hora de começar a pensar quem serão os jovens que se destacarão em 2019. Para ajudar os fãs de futebol, a Uefa pediu a seus repórteres espalhados pelo continente para elegerem os jogadores com menos de 21 anos que merecem atenção.

A lista contém jogadores do mundo todo, mas que precisam estar jogando na Europa. Dentre as 50 promessas, aparecem dois brasileiros: o atacante Vinicius Junior, do Real Madrid, e o zagueiro/lateral-direito Éder Militão, do Porto.

Veja também

Outros nome já conhecidos também figuram na lista, como Jados Sancho, do Borussia Dormund, que marcou seis gols e se valorizou 800% só nesta temporada, além de Alphonso Davies, canadense, recém contratado pelo Bayern, e Ianis Hagi, filho da lenda romena Gheorghe Hagi.

Confira a lista completa:

Ilzat Akhmetov (Rússia, meia, 21 anos – CSKA)

Ethan Ampadu (País de Gales, zagueiro, 18 – Chelsea)

Emil Audero (Itália, goleiro, 21 – Sampdoria)

Nicolò Barella (Itália, meia, 21 – Cagliari)

Sander Berge (Noruega, volante, 20 – Genk)

Josip Brekalo (Croácia, atacante, 20 – Wolfsburg)

Rafa Camacho (Portugal, meia, 18 – Liverpool)

Giorgi Chakvetadze (Geórgia, meia-atacante, 19 – Gent)

Fedor Chalov (Rússia, atacante, 20 – CSKA)

Samu Chukwueze (Nigéria, ponta, 19 – Villarreal)

Alphonso Davies (Canadá, ponta, 18 – Bayern)

Merih Demiral (Turquia, zagueiro, 20 – Alanyaspor)

Moussa Diaby (França, ponta, 19 – Paris Saint-Germain)

João Félix (Portugal, meia-atacante, 19 – Benfica)

Gedson Fernandes (Portugal, volante, 19 – Benfica)

Arnaut Groeneveld (Holanda, ponta, 21 – Club Brugge)

Robert Gumny (Polônia, lateral-direito, 20 – Lech Poznan)

Ianis Hagi (Romênia, meia 20 – Viitorul)

Amadou Haidara (Mali, volante, 20 – RB Salzburg)

Achraf Hakimi (Marrocos, lateral-direito, 20 – Borussia Dortmund)

Kai Havertz (Alemanha, meia, 19 – Leverkusen)

Callum Hudson-Odoi (Inglaterra, ponta, 18 – Chelsea)

Luka Ivanusec (Croácia, meia, 20 – Lokomotiva Zagreb)

Luka Jovic (Sérvia, atacante, 21 – Eintracht Frankfurt)

Ozan Kabak (Turquia, zagueiro, 18 – Galatasaray)

Alban Lafont (França, goleiro, 19 – Fiorentina)

Andriy Lunin (Ucrânia, goleiro, 19 – Leganés)

Weston McKennie (Estados Unidos, meia, 20 – Schalke)

Brais Méndez (Espanha, meia, 21 – Celta)

Nikola Milenkovic (Sérvia, lateral-direito/zagueiro, 21 – Fiorentina)

Éder Militão (Brasil, lateral-direito/zagueiro, 20 – Porto)

Juan Miranda (Espanha, lateral-esquerdo, 18 – Barcelona)

Nikola Moro (Croácia, volante, 20 – Dínamo Zagreb)

Arijanet Muric (Kosovo, goleiro, 20 – Man. City)

Vitaliy Mykolenko (Ucrânia, lateral-esquerdo, 19 – Dínamo Kyiv)

Florian Müller (Alemanha, goleiro, 21 – Mainz)

Reiss Nelson (Inglaterra, ponta, 18 – Hoffenheim)

Stanley N’Soki (França, lateral-esquerdo/zagueiro, 19 – Paris Saint-Germain)

Dani Olmo (Espanha, meia, 20 – Dínamo Zagreb)

Ricard Puig (Espanha, meia, 19 – Barcelona)

Ionut Radu (Romênia, goleiro, 21 – Genoa)

Javier Sánchez (Espanha, zagueiro, 21 – Real Madrid)

Jadon Sancho (Inglaterra, ponta, 18 – Borussia Dortmund)

Ismaila Sarr (Senegal, atacante, 20 – Rennes)

Mykola Shaparenko (Ucrânia, meia, 20 – Dínamo de Kiev)

Unai Simón (Espanha, goleiro, 21 – Athletic Bilbao)

Oliver Skipp (Inglaterra, volante, 18 – Tottenham)

Emile Smith Rowe (Inglaterra, meia, 18 – Arsenal)

Martin Terrier (França, atacante, 21 – Lyon)

Dayot Upamecano (França, zagueiro, 20 – RB Leipzig)

Vinicius Junior (Brasil, atacante, 18 – Real Madrid)

Nicolò Zaniolo (Itália, meia, 19 – Roma)