Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Villas-Boas diz que Chelsea pode brigar pelo título

Por Da Redação - 3 jan 2012, 15h45

Por AE

Londres – Ameaçado de demissão em caso de derrota para o Wolverhampton, o técnico Andre Villas-Boas saiu fortalecido pela vitória conquistada pelo Chelsea nesta segunda-feira, com um gol marcado por Lampard aos 44 minutos do segundo tempo. O treinador até já fala em chances de título para a equipe londrina.

“Se nós conseguirmos uma série de vitórias em cinco ou seis jogos, o que nós somos capazes de fazer, nós podemos até brigar pelo título do Campeonato Inglês”, avalia o treinador português, que chegou ao Chelsea no início da temporada, vindo de um excelente trabalho no Porto.

Até o triunfo desta segunda-feira, válido pela 20.ª rodada do Campeonato Inglês, o Chelsea vinha em forte queda na competição, tendo passado quatro jogos sem vencer. Por isso a distância para Manchester United e Manchester City, que ainda entram em campo por esta 20.ª rodada, é de oito pontos e pode chegar a ser até de 11. Para Villas-Boas, essa instabilidade é normal. “O que dezembro provou é que os melhores times podem perder pontos.”

Publicidade

A vitória sobre o Wolverhampton, porém, só foi possível porque o árbitro não expulsou Lampard e Ashley Cole, que fizeram faltas duras, dignas de cartão vermelho, ainda no primeiro tempo, mas só receberam o amarelo. O meia, que fez o gol da vitória, confessa que teve sorte. “Meu coração estava na boca. Honestamente não houve maldade, mas eu cheguei tarde no lance e tive sorte de permanecer no campo. Eu disse para o Hammill (que sofreu a falta) que sentia muito”, revelou.

Publicidade