Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Villas-Boas admite falta de apoio de alguns jogadores do Chelsea

Londres, 16 fev (EFE).- O treinador do Chelsea, André Villas-Boas, admitiu nesta quinta-feira que alguns dos jogadores de seu elenco não apoiam seu projeto esportivo.

Após a derrota dos ‘Blues’ para o Everton no sábado passado, o técnico português considerou como ‘normal’ que alguns jogadores não o deem o respaldo necessário, mas garantiu que o único apoio que precisa receber é do proprietário do clube, o magnata russo Roman Abramovich.

‘Eles (os jogadores) não têm que apoiar meu projeto. O respaldo tem que vir do dono’, disse Villas-Boas, de 34 anos, que no domingo passado, um dia após perder por 2 a 0 no Goodison Park, se reuniu na cidade esportiva dos ‘Blues’ com vários membros do elenco.

O português negou que tenha acontecido uma discussão entre ele e os jogadores, como publicaram alguns meios da imprensa britânica, mas reconheceu que nem todos os jogadores lhe mostraram apoio.

Villas-Boas assumiu ‘toda a responsabilidade’ da derrota contra o Everton no sábado passado e garantiu, após o encontro, que não tinha informações de que os jogadores questionaram sua tática e escalação.

O Chelsea enfrentará o Napoli na próxima terça-feira, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, mas no Campeonato Inglês a situação dos ‘Blues’ está complicada.

Depois da última derrota para o Everton e do empate nos dois jogos anteriores, contra o Manchester United e o Swansea, os comandados de Villas-Boas caíram para a quinta posição, fora das vagas da Liga dos Campeões. EFE