Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Vídeo: governo tenta mostrar avanço nas obras para 2014

Novas imagens buscam afastar dúvidas que cercam progresso dos trabalhos

Por Da Redação 4 out 2012, 13h00

As cenas relativas aos projetos de mobilidade urbana e infraestrutura aeroportuária causam certa estranheza – afinal, os trabalhos nessas áreas ainda custam a deslanchar

O governo federal segue tentando afastar as preocupações sobre o ritmo das obras ligadas à realização da Copa do Mundo de 2014. Depois de divulgar imagens do progresso dos trabalhos nos estádios neste início de mês (na galeria de fotos acima), �o Ministério do Esporte lançou nesta quinta-feira um vídeo que reúne cenas dos canteiros de obras espalhados pelas doze cidades-sede. Além das arenas, aparecem imagens de projetos de mobilidade urbana e infraestrutura aeroportuária. Sem legendas ou narração, as imagens (assista abaixo) são acompanhadas por uma trilha sonora que tenta transmitir uma sensação de dinamismo e sucesso. No caso dos estádios, o país tem, de fato, motivos para ficar mais tranquilo, já que o ritmo das obras melhorou bastante nos últimos meses. As cenas relativas aos projetos de infraestrutura, porém, causam certa estranheza – afinal, os trabalhos nessa área ainda custam a deslanchar. Na terça-feira�, por exemplo, um levantamento da ONG Contas Abertas mostrou que os investimentos prometidos para os aeroportos neste ano ainda não decolaram. Dentro do montante reservado às obras do setor das cidades-sede, só 30% dos gastos foram realizados em 2012. Na semana passada, uma obra de mobilidade urbana que não saiu do papel foi o primeiro projeto a ser retirado da Matriz de Responsabilidades do país para 2014. Marcada por irregularidades na fase de licitação, a construção do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) de Brasília não ficaria pronta a tempo.

Leia também:

Governo anuncia primeiro cancelamento de obra prometida para 2014

Elogiada pela Fifa, Rússia fará Copa mais compacta e cara que o Brasil

Fifa acha que a Copa finalmente entrou nos trilhos. Mas a que preço?

Para o torcedor, Brasil-2014 deverá ser a ‘Copa do Mundo da corrupção’

Continua após a publicidade

Publicidade