Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vídeo: Golpe baixo ofusca vitória do Oklahoma na NBA

O ala/pivô Draymond Green, do Golden State Warriors, agrediu o neozelandês Steven Adams em uma disputa de bola no terceiro jogo da final da Conferência Oeste

A coletiva de imprensa depois da vitória do Oklahoma City Thunders sobre o Golden State Warriors, no terceiro jogo final da Conferência Oeste da NBA, mostrou que a partida acabou ficando em “segundo plano”. A discussão entre jornalistas e membros do elenco de ambos os times ficou em cima de um lance protagonizado pelo ala/pivô Draymond Green, dos Warriors, que – pela segunda vez na série de melhor de sete partidas – acertou, no segundo quarto da partida, as “partes íntimas” do pivô adversário Steven Adams com um chute, em uma disputa de bola. O juiz considerou o incidente uma falta flagrante do tipo 1 (quando um jogador faz uma ação antidesportiva durante o jogo). Com duas faltas desse porte, o atleta é expulso de quadra.

Depois da derrota de seu time por 133 a 105 – que abriu vantagem de 2 a 1 para os Thunders – Draymond Green se desvencilhou da culpa e disse na coletiva que foi um lance normal de jogo. “Eu não tentei chutá-lo. Eu estava arremessando e minha perna subiu”, defendeu-se o jogador dos Warriors, que teve péssima atuação, com apenas seis pontos e quatro rebotes. O técnico Steve Kerr, do Golden State, também usou o mesmo discurso e até pediu a revisão da falta flagrante. “Eu achei que foi sem querer. Coisas assim acontecem o tempo todo. Há contato. Não entendo como isso pode ser considerado uma falta flagrante 1. Acho que deveria ser anulada”, disse o treinador dos atuais campeões da NBA.

LEIA TAMBÉM:

Sem Curry, Warriors vão à semifinal dos playoffs com show de Thompson

O último show de Kobe Bryant: festa, vitória e 60 pontos

Warriors vencem 73ª na temporada e quebram recorde dos Bulls de Jordan

Uma das estrelas do Oklahoma, Russel Westbrook, não concordou com seus adversários. “Honestamente, eu acho que foi intencional. Foram duas vezes em dois jogos”, lembrou o ala do outro chute de Green no jogo passado. Em meio a acalorada discussão, a própria vítima do chute não quis comentar. O neozelandês Steven Adams fugiu das perguntas sobre o lance e disse estar focado para o próximo confronto, que acontecerá nesta terça-feira, mais uma vez em Oklahoma.

Veja abaixo o momento do chute de Green no adversário:


(Da redação)