Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vice-presidente do São Paulo é demitido após briga em hotel

Ataíde Gil Guerreiro deixou o cargo um dia depois de trocar socos com o presidente Carlos Miguel Aidar

O presidente do São Paulo Carlos Miguel Aidar anunciou a demissão do vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro na manhã desta terça-feira, um dia depois da briga ocorrida no Hotel Radisson, noticiada com exclusividade pela coluna Radar On-line de VEJA. Aidar confirmou a saída do dirigente, com quem trocou socos durante a discussão, mas não deu mais detalhes. O clube deve divulgar comunicado oficial sobre a demissão nesta tarde.

Leia também:

Auxiliar do São Paulo diz que Osorio deixará o clube

Osorio diz que não confia na diretoria do São Paulo

Os dois encabeçavam a gestão do time do Morumbi desde abril de 2014, quando Aidar ganhou a eleição e nomeou Ataíde para ser seu braço direito e cuidar da organização do departamento de futebol. O principal motivo do desentendimento desta segunda-feira foi a escolha do substituto do técnico colombiano Juan Carlos Osorio, que deve assumir a seleção mexicana. Assim como no caso da desistência da contratação do argentino Alejandro Sabella, em abril, Aidar e Ataíde discordaram e, desta vez, perderam a compostura.

Aidar vem colecionando desafetos desde que retornou à presidência do clube. No ano passado, ele rompeu com o antigo aliado político e antecessor Juvenal Juvêncio. A relação estremecida mexeu com os bastidores políticos do clube e levou a uma divisão dentro do Conselho Deliberativo. Nos últimos meses Aidar vinha trabalhando para tentar conciliar o ambiente e contava com a ajuda do empresário Abílio Diniz para acalmar os ânimos.

No entanto, a relação entre os dois piorou em setembro, quando o presidente do clube demitiu o diretor executivo Alexandre Bourgeois, indicado ao cargo por Abílio. Na última reunião do Conselho, no fim do último mês, o empresário mudou o tom do discurso e, em vez de falar em conciliação, criticou a gestão de Aidar.

Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo

Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo (/)

(com Estadão Conteúdo)