Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vice-presidente deixa diretoria financeira do Palmeiras

Por Daniel Akstein Batista

São Paulo – Em crise, o Palmeiras perdeu nesta quinta-feira Jorge Vacarini e Walter Munhoz, que faziam parte da diretoria de finanças do clube. Munhoz continua sendo um dos vice-presidentes do clube, já que faz parte da diretoria eleita, presidida por Arnaldo Tirone, e não renunciou a este cargo. A saída dos dirigentes foi confirmada por Alberto Strufaldi, presidente do Conselho de Orientação Fiscal (COF) do clube.

“Recebi ontem o e-mail com o pedido de demissão do Munhoz, dizendo que deixava o clube por motivos particulares e recomendando um diretor remunerado para ficar o tempo todo no clube”, disse Strufaldi. “Acho que pela situação conturbada, eles estavam dedicando muito tempoao clube e deixando o lado pessoal de lado”, concluiu o presidente do COF.

De acordo com as contas do Palmeiras, o departamento de futebol do clube gastou R$ 12,695 milhões em março. No total, nos primeiros meses de 2012, foram despendidos apenas R$ 34 milhões com o futebol, sendo R$ 600 mil com empresários. Assim, os altos gastos feitos pelo clube, que sofre para manter as contas em dias, pesaram para as saídas de Vacarini e Munhoz.