Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vice-campeão, Mazola Júnior não resiste e pede demissão do Sport

‘Obrigado por tudo e me desculpem por alguma coisa’. A derrota por 3 a 2 e o vice-campeonato pernambucano conquistado neste domingo, na Ilha do Retiro, diante do Santa Cruz, custaram o emprego do técnico Mazola Júnior, que entregou o cargo ao presidente do Sport, Gustavo Dubeux, ainda nos vestiários.

O treinador pagou pelas próprias declarações ao garantir, no início do Estadual, que o Sport seria campeão e retomaria a sequência de conquistas perdida em 2011, quando o mesmo Santa Cruz ergueu a taça. Carlinhos Bala, atacante da Cobra Coral, que foi expulso do banco de reservas neste domingo, condenou as palavras do técnico adversário: ‘Aqui é campeonato profissional, Mazola. Você é técnico de time júnior’.

Após a partida, o ex-comandante do Sport, já sabendo da decisão da diretoria, deu sua palavra oficial: ‘Gostaria de comunicar que entreguei o cargo. Acabei de comunicar ao presidente. Já tinha em mente que essa situação poderia acontecer’. ‘Encerro o meu ciclo aqui. Frustrado, claro, porque não consegui os objetivos que queria. Se não tivemos o resultado esperado o comando tem que assumir as responsabilidades. Mas que outras pessoas do grupo também assumam as suas’, explicou Mazola.

Garantindo que entregaria o cargo mesmo sendo campeão pernambucano, o treinador do acesso do Sport à Série A do Campeonato Brasileiro em 2011 não terá a chance de comandar a equipe na elite. ‘Tinha 72% de aproveitamento no Sport, mas vou sair’, disse o treinador, que ainda criticou a imprensa por ter ‘oferecido’ outros treinadores ao presidente Gustavo Dubeu

Nos próximos dias, o Sport deve focar na contratação de um novo técnico em virtude da estreia na Série A, marcada para o próximo final de semana. Jorginho, que recentemente pediu demissão da Portuguesa, é o nome mais provável.