Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Vice-campeã olímpica, Dani Scott é esfaqueada por cunhado nos EUA

A ex-atleta de vôlei está internada em estado grave. Seu cunhado, Michael Vallery, matou a irmã da jogadora, feriu a filha do casal e está foragido

Por Gazeta Press 21 nov 2018, 20h02

A americana Danielle Scott, ex-jogadora de vôlei, está internada em estado grave após ter sido ser esfaqueada por Michael Vallery, marido de sua irmã, na noite do último domingo 18. Segundo a imprensa americana, o cunhado da ex-central assassinou a irmã da atleta, Stefanie Vallery, e feriu a filha do casal, que também se chama Danielle Scott.

O crime aconteceu na cidade de Baton Rouge, em Lousiana, nos Estados Unidos, e o cunhado de Scott está foragido. Segundo a polícia o crime teve motivação passional.

Danielle Scott, de 46 anos, foi vice-campeã olímpica duas vezes, em 2008 e 2012, é a jogadora que mais vezes representou a seleção americana em Jogos Olímpicos – com participações em 1996, 2000, 2004, 2008 e 2012 – e entrou para Hall da Fama do voleibol em 2016.

  • Scott possui uma forte ligação com o Brasil. Além de ter se casado com o também ex-jogador de vôlei Eduardo “Pezão”, a americana atuou boa parte de sua carreira no vôlei brasileiro, defendendo o Osasco, por duas vezes, o Praia Clube e o Macaé. Sua última equipe foi o Brasília, em 2014.

    Continua após a publicidade
    Publicidade