Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vice-campeã da São Silvestre, atleta Adriana de Souza morre aos 45 anos

A corredora teve uma embolia pulmonar enquanto se recuperava de cirurgia no joelho

Adriana de Souza, nome de destaque do atletismo brasileiro na década passada, morreu no último domingo, 9, vítima de uma embolia pulmonar. A atleta de 45 anos fez uma cirurgia no joelho na sexta-feira e já havia recebido alta, mas passou por complicações que a levaram de volta ao hospital, em Cascavel, no Paraná.

Com resultados importantes na Corrida de São Silvestre, ela subiu ao pódio em três anos seguidos: 2000, 2001 e 2002. Na última destas edições, foi a vice-campeã. Nas provas de cross country (corrida em terrenos acidentados), Adriana venceu várias vezes a Copa Brasil e foi campeã sul-americana em 2000 e 2002.

Veja também

Adriana chegou a postar em seu Instagram uma foto de sua recuperação no último sábado, pouco antes de sua morte. “Ainda no hospital”, disse a corredora. A Confederação Brasileira de Atletismo, em nota, lamentou a morte da atleta.

View this post on Instagram

Ainda no hospital 😂😂😂

A post shared by Adriana de Souza (@drikaatleta) on