Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Vettel não se contenta com segundo lugar: ‘Era possível vencer’

Por Da Redação 31 jul 2011, 13h46

Ainda que tenha aumentado a vantagem na liderança, Sebastian Vettel não digeriu bem a segunda colocação na Hungria, atrás do inglês Jenson Button (McLaren). Segundo o alemão da Red Bull, o pensamento é vencer sempre, e portanto foi desperdiçada chance neste domingo.

‘Não estou 100% feliz. Comecei na pole position e senti que poderia vencer a corrida. Não era impossível, com muitos pilotos cometendo erros pequenos. Então eu não estou 100% feliz porque o objetivo é vencer e não ser o segundo colocado’, justificou o piloto, frustrado.

A declaração de Vettel mostra preocupação quanto à classificação do campeonato. Mesmo em primeiro lugar, com 85 pontos de vantagem para o segundo (o australiano Mark Webber, também da Red Bull), ele vê a dupla de pilotos ingleses da McLaren melhorar e se aproximar.

‘Penso que a mensagem mais importante é que a McLaren, em especial, foi muito competitiva nas duas últimas corridas (Lewis Hamilton venceu o GP da Alemanha, e Jenson Button, o GP da Hungria). Nós não estamos felizes com isso, tenho certeza de que o Jenson está, então nós precisamos voltar nos recuperar para Spa (Francorchamps, na Bélgica)’, acrescentou Vettel.

A corrida em Spa está marcada para 28 de agosto. Até lá, a Fórmula 1 entra em parada de verão. Quando os motores voltarem a roncar, o atual campeão mundial, que não cruza em primeiro desde o GP da Europa, espera ver a bandeira quadriculada antes dos outros novamente.

Continua após a publicidade
Publicidade