Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vettel marca melhor tempo da semana de testes em Mugello

Alonso foi responsável por testar a Ferrari - e acabou batendo carro em curva

Os testes coletivos da manhã desta quinta-feira, último dia de atividades no circuito de Mugello, na Itália, tiveram o melhor tempo da semana, marcado pelo RB8 de Sebastian Vettel. O alemão fechou a volta mais rápida com 1min21s267 e mostrou que a Red Bull pode aparecer com mais força nos circuitos pela Europa. O segundo melhor tempo foi de Romain Grosjean, que voltou a demonstrar bom desempenho com a Lotus. O franco-suíço foi o líder da manhã de quarta e terminou com o tempo de 1min21s334 nesta quinta.

O espanhol Fernando Alonso foi o responsável por conduzir a Ferrari e teve problemas durante os testes. Apesar de anotar a terceira melhor marca, 0s096 atrás de Vettel, Alonso perdeu o controle do F2012 e bateu na barreira de proteção da curva 12. O acidente acionou a bandeira vermelha e atrasou os trabalhos da Ferrari, mas o piloto saiu ileso. O quarto melhor tempo ficou por conta do australiano Daniel Ricciardo, que colocou o STR7 da Toro Rosso mais uma vez em uma boa posição na Itália.

Tabela de classificação: Confira o desempenho de cada piloto na temporada 2012

Ricciardo foi seguido por Sergio Pérez, com marca de 1min22s229. O mexicano enfrentou um incêndio em seu carro da Sauber, devido um erro elétrico, no início dos exercícios, mas conseguiu se recuperar e fechar entre os cinco melhores pela manhã. O britânico Paul di Resta ocupou o lugar do alemão Nico Hülkenberg na Force India e terminou com a sexta melhor marca de 1min23s002. A decisão de correr nesta manhã foi tomada pelos diretores da escuderia, pois o piloto escocês enfrentou problemas mecânicos no segundo dia de atividades e não pode completar o cronograma de treinos.

Heikki Kovalainen entrou pela primeira vez na pista italiana com a Caterham e fechou 1s902 acima do tempo de Vettel. Em seguida, o reserva da McLaren Oliver Turvey marcou presença com 1min23s221. A Mercedes ocupou a nona posição na classificação com o alemão Nico Rosberg, que investiu no testes dos pneus Pirelli. O representante da Marussia Timo Glock fechou com 1min24s310 e a décima colocação. Em último, ficou o venezuelano Pastor Maldonado com apenas quatro voltas completadas, em virtude de um problema no Kers, que comprometeu o resto de seus testes.

(Com agência Gazeta Press)