Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vettel conquista pole no GP do Brasil; Massa larga em 9º

Alemão ficou sete décimos à frente de Rosberg, segundo colocado, em treino atrasado pela forte chuva em Interlagos

O alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, garantiu a pole position do Grande Prêmio do Brasil neste sábado, ao cravar o tempo de 1min26s479 no treino classificatório. A chuva chegou a atrasar a parte final do treino, o Q3, em quase meia hora. Nico Rosberg vai largar na segunda posição e o brasileiro Felipe Massa, que se despede da Ferrari neste domingo, na nona colocação.

Leia também:

‘Vantagem me surpreendeu’, diz Vettel

O tetracampeão mundial se aproveitou de um momento de pista menos encharcada e voou baixo, ficando sete décimos à frente de Rosberg, da Mercedes, que nos segundos finais da atividade cravou 1min27s102. A vantagem conseguida sobre o segundo colocado surpreendeu até mesmo Vettel, já acostumado a acumular bons resultados. O piloto da Red Bull saiu do carro comemorando como se tivesse vencido sua primeira prova: “Fiquei surpreso com a vantagem que consegui no treino. A equipe me falou no rádio e eu comemorei misturando palavras em português e espanhol”, afirmou. O portunhol a que se refere o jovem campeão foi um empolgado grito de “Olé, olé”.

Esta foi a oitava pole consecutiva da Red Bull, que venceu, com Vettel, as últimas oito provas. No domingo, o já campeão mundial terá a chance de conquistar a 13ª vitória na temporada, o que significaria a quebra do recorde de Michael Schumacher, obtido em 2004.

O espanhol Fernando Alonso ficou com a terceira posição do grid, seguido por Mark Webber, companheiro de Sebastian Vettel na Red Bull. Lewis Hamilton foi o quinto colocado, à frente de Romain Grosjean, Daniel Ricciardo e Jean-Eric Vergne. O brasileiro Felipe Massa dividirá a quinta fila com Nico Hulkenberg. “Vai ser uma prova divertida. Finalizar minha trajetória na Ferrari é realmente fantástico. Amanhã vai ser um dia muito emocionante”, disse o brasileiro, que também adotou o discurso de que o clima neste domingo pode fazer a diferença. “Em 2012, comecei em quinto, depois fui para segundo, quase levei uma volta do líder e terminei em terceiro. Nessas condições de Interlagos, tudo é possível”.

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, última etapa do calendário, está marcado para as 14 horas (de Brasília) deste domingo.

(Com agência EFE)