Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Vettel abandona no início e Hamilton vence em Abu Dabi

Por Da Redação 13 nov 2011, 12h07

Por AE

Abu Dabi – O inglês Lewis Hamilton aproveitou o abandono de Sebastian Vettel neste domingo para cruzar a linha de chegada em primeiro no GP de Abu Dabi de Fórmula 1. O piloto da McLaren faturou sua terceira vitória do ano depois que o bicampeão abandonou a prova logo na segunda curva do circuito de Yas Marina. Fernando Alonso ficou em segundo e Jenson Button foi o terceiro colocado. Felipe Massa chegou em quinto.

A vitória coroou o grande desempenho de Hamilton neste final de semana em Abu Dabi. O inglês, que também vencera na China e na Alemanha, dominou as três sessões de treinos livres e só foi superado pelo pole position Vettel nos instantes finais da classificação de sábado.

Com o abandono, Vettel perdeu a chance de igualar o recorde de 13 vitórias em uma mesma temporada, que pertence ao compatriota Michael Schumacher. O bicampeão soma 11 triunfos neste ano e só poderá chegar a 12 vitórias em 2011 na última etapa, se vencer no Brasil, daqui a duas semanas. A desistência também encerra uma sequência de sete pódios consecutivos neste ano.

O GP de Abu Dabi manteve indefinida a briga pelo vice-campeonato da temporada. Button segue em segundo, com 255 pontos, dez a mais que Alonso. Com 233 pontos, Webber tem poucas chances de ficar com a segunda posição no campeonato ao fim do GP do Brasil.

A CORRIDA – O GP de Abu Dabi teve um início inesperado, por conta do abandono de Vettel logo na segunda curva do traçado. O alemão furou o pneu traseiro direito ao passar sobre a zebra na primeira curva e ficou de fora de uma corrida pela primeira vez neste ano.

Beneficiado pela queda do rival, Hamilton assumiu a ponta, acompanhado de perto por Alonso. O espanhol fez boa largada e alcançou a segunda posição ao superar Button e Webber. Massa tentou entrar na disputa, mas precisou se contentar com o quinto lugar.

A primeira rodada de parada nos boxes, na 16ª volta, não alterou as três primeiras posições. Hamilton, Alonso e Button foram juntos para os boxes e mantiveram seus lugares. Já Webber foi mais lento em sua parada e facilitou a ultrapassagem de Massa, que assumiu a quarta posição.

Na volta dos boxes, Webber partiu para cima e fez bom duelo com o brasileiro. Eles chegaram a trocar de posição na 30ª volta, mas Massa recuperou seu posto. Mas a situação se inverteu na segunda rodada para troca de pneus. Webber reassumiu a quarta posição, à frente de Button e do brasileiro da Ferrari.

Massa ainda teve chance de brigar pelo quarto lugar, mas derrapou na volta 49 e ficou distante dos líderes. Nas voltas finais, Button recuperou o terceiro lugar e garantiu o lugar no pódio.

Alheio à briga pela terceira colocação, Hamilton liderava a prova com tranquilidade. O inglês só foi ameaçado no segundo pit stop. Alonso, porém, teve dificuldade em sua parada e não conseguiu superar o rival na volta à pista. Com uma vantagem de 8s4, o piloto da McLaren confirmou sua terceira vitória do ano.

No pelotão traseiro, Rubens Barrichello fez grande corrida neste domingo, mesmo sem participar do treino de sábado. Logo na largada, o piloto da Williams saltou da última posição para o 15º lugar e manteve a recuperação durante toda a prova. Chegou a ficar em 10º, na zona de pontuação, mas terminou em 12º.

Já Bruno Senna teve dificuldade em Abu Dabi, ao apostar em uma estratégia arriscada. Ele caiu para o pelotão traseiro logo no início após fazer sua primeira parada na segunda volta. A tática parecia funcionar, com seguidas ultrapassagens, até a 37ª volta, quando Senna foi punido com um “drive through” por não respeitar a bandeira azul – deveria abrir passagem para os líderes da prova. O brasileiro cruzou a linha de chegada em 16º.

A temporada 2011 da Fórmula 1 será encerrada daqui a duas semanas com o GP do Brasil, que será disputado no circuito de Interlagos, em São Paulo, no dia 27.

Confira a classificação final do GP de Abu Dabi:

1.º – Lewis Hamilton (ING/McLaren)

2.º – Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 8s4

3.º – Jenson Button (ING/McLaren), 25s8

4.º – Mark Webber (AUS/Red Bull), 35s7

5.º – Felipe Massa (BRA/Ferrari), 50s5

6.º – Nico Rosberg(ALE/Mercedes), 52s3

Continua após a publicidade

7.º – Michael Schumacher (ALE/Mercedes), 75s9

8.º – Adrian Sutil(ALE/Force India), 77s1

9.º – Paul di Resta (ESC/Force India), 1 volta

10.º – Kamui Kobayashi (JAP/Sauber), 1 volta

11.º – Sergio Perez (MEX/Sauber), 1 volta

12.º – Rubens Barrichello (BRA/Williams), 1 volta

13.º – Vitaly Petrov (RUS/Renault), 1 volta

14.º – Pastor Maldonado (VEN/Williams), 1 volta

15.º – Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso), 1 volta

16.º – Bruno Senna (BRA/Renault), 1 volta

17.º – Heikki Kovalainen (FIN/Lotus), 1 volta

18.º – Jarno Trulli (ITA/Lotus), 2 voltas

19.º – Timo Glock (ALE/Virgin), 2 voltas

20.º – Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania), 2 voltas

Não completaram a prova:

Daniel Ricciardo (AUS/Hispania)

Sebastian Vettel (ALE/Red Bull)

Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso)

Jerome D’Ambrosio (BEL/Virgin)

Continua após a publicidade
Publicidade