Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Verón atende pedido do Estudiantes e adia aposentadoria em 6 meses

Por Da Redação 9 dez 2011, 15h02

Buenos Aires, 9 dez (EFE).- O meio-campista Juan Sebastián Verón, de 36 anos, anunciou nesta sexta-feira que decidiu adiar em seis meses a aposentadoria do futebol profissional depois do pedido feito a ele pelo elenco da equipe de La Plata.

‘Continuarei pelo menos por mais seis meses. Pude solucionar alguns compromissos que tinha assumidos e, fora isso, pensei muito em tudo de bom que o futebol me dá para continuar, por isso tomei a decisão de jogar mais um torneio’, afirmou Verón em entrevista coletiva na qual reiterou o desejo de se aposentar em alta, apesar da lesão no tornozelo direito que vem incomodando-o há alguns meses.

‘A lesão no tornozelo permanece, mas não queria me despedir com uma má imagem. Espero poder me aposentar bem no Estudiantes, como estava quando voltei ao clube’, afirmou.

Verón comunicou nesta sexta-feira a decisão a seus companheiros, antes de iniciar o treino visando à partida do próximo domingo, contra o Unión, em que o atleta planejava pendurar as chuteiras.

Na quarta-feira, três referências do elenco do Estudiantes, o zagueiro Leandro Desábato, o meia Rodrigo Braña e o atacante Gastón Fernández, pediram em entrevista coletiva que o meio-campista permanecesse no clube por mais seis meses.

Além deles, o presidente do clube argentino, Enrique Lombardi, já havia feito na terça-feira um pedido parecido a Verón, dizendo que sua continuidade é imprescindível para a equipe.

Em outubro, o jogador anunciou que no final daquele mesmo mês penduraria as chuteiras porque não conseguia se recuperar totalmente de uma cirurgia no tornozelo direito, mas dias depois adiou a aposentadoria para dezembro por pedidos da torcida.

Nas últimas semanas, ganhou força na imprensa argentina a possibilidade de Verón ser o novo diretor de seleções da Argentina. O próprio atleta chegou a confirmar a informação no início de novembro. EFE

Continua após a publicidade

Publicidade