Clique e assine a partir de 9,90/mês

Verdão usa semana livre para recuperar força física e ‘respirar’

Por Da Redação - 14 set 2011, 08h26

Depois de quase dois meses, o Palmeiras interrompe a sequência de dois jogos por semana e volta a ter um tempo maior de preparação entre as partidas. Com sete dias entre o duelo passado e o próximo, além de o elenco poder ‘respirar’ diante da ameaça de crise, o preparador físico do Verdão, Anselmo Sbragia, aproveita para corrigir quaisquer problemas apresentados pelo grupo.

‘Quando joga uma sequência muito grande de quarta e domingo, você ganha ritmo de competição, mas diminui algumas questões físicas. Nós tentamos corrigir isso mesmo com dois jogos próximos, mas não é tão simples. Já quando você tem semana cheia para trabalhar, pode corrigir os déficits’, afirmou o profissional, em conversa com a GE.Net.

Para o departamento físico, o elenco alviverde é dividido em quatro grupos, sendo que o primeiro é formado por titulares, que atuam com frequência, enquanto o segundo constitui os atletas reservas, usados em algumas partidas por Luiz Felipe Scolari. O terceiro é composto pelos jogadores que não são relacionados e, por isso, têm menos problemas, já que treinam bastante. Por fim, há também os profissionais entregues aos médicos.

‘Não digo que o time teve uma perda física, os déficit acontecem com todas as equipes. Mas o índice de força tem uma queda e, como temos uma semana, vamos trabalhar nessa área’, explicou Sbragia, explicando que este quesito afeta mais os titulares.

Continua após a publicidade

Além da questão física, a folga na tabela também é importante para a parte psicológica do elenco. Um dos líderes do grupo, o volante Marcos Assunção acha importante ter mais tempo para repensar a vida do clube no Campeonato Brasileiro.

‘Do jeito que estamos, é melhor dar uma parada mesmo, não estamos ganhando mais. O Anselmo tinha um trabalho previsto há muito tempo, é bom para recuperarmos e fazermos treinos que não vínhamos fazendo antes. E é bom também para dar uma respirada, porque a derrota contra o Inter foi ruim. Temos vergonha na cara e sabemos que não foi boa’, avaliou.

Depois da derrota por 3 a 0 para o Colorado, o Verdão só volta a campo na tarde de domingo, diante do Avaí, na Ressacada. A folga neste meio de semana no Campeonato Brasileiro acontece por conta do amistoso da Seleção contra a Argentina.

Publicidade