Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Venda de ingressos para Olimpíada de Tóquio começa em 5 de agosto

Bons assentos para a Cerimônia de Abertura dos Jogos de 2020 custarão mais de 11 000 reais por pessoa

Faltam 359 dias para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. O torcedor que quiser garantir ingressos para assistir às disputas in loco no Japão poderá realizar a compra na próxima segunda-feira, 5 de agosto, às 10h. O bilhete mais caro será o da cerimônia de abertura, no dia 24 de julho do ano que vem. Ao todo, a empresa responsável pela venda comercializará 20 000 tickets para o país. A compra pode ser efetuada pelo site da Match.

Cada brasileiro poderá comprar até 30 ingressos, seguindo os seguintes requisitos: apenas duas entradas por cadastro para a cerimônia de abertura e/ou encerramento, além de somente quatro bilhetes para eventos com disputas de medalhas e outros seis para cada uma das demais disputas.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) ainda não confirmou os valores para os espectadores estrangeiros que quiserem garantir entradas. O site oficial do evento mostra quanto custa cada ticket em ienes, a moeda japonesa, para os residentes do país asiático. Os brasileiros vão pagar mais caro: o valor do ingresso, mais 20% de taxa de serviço da empresa – limitado em um máximo de 6 000 ienes (208 reais) –, além da cobrança do IOF, já que a compra será realizada por cartão de crédito.

Quem quiser garantir uma entrada de categoria A na cerimônia de abertura, o setor mais nobre e caro dos Jogos, vai pagar 300 000 ienes (10 427 reais), mais os 6 000 ienes (208 reais) de taxa de serviço, e ainda terá que arcar com a cobrança do IOF: portanto, a experiência custará mais de 11 000 reais por pessoa. 

As finais do atletismo terão o preço mais alto dos esportes olímpicos (quase 5 000 reais), seguidas das provas decisivas da natação (mais de 4 000 reais). Quem quiser ver uma final olímpica sem gastar muito pode recorrer à maratona (categoria C) ou ao pentatlo moderno (categoria B): pouco mais de 100 reais por ingresso.