Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Velódromo: o primeiro dia de um estranho no Parque

Com futuro incerto depois dos Jogos, arena que abriga esporte pouco praticado no Brasil é tomada por grande maioria estrangeira

Por Thiago Prado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 12 ago 2016, 00h01

Foi inaugurada hoje a arena mais polêmica dos Jogos. Entregue faltando pouco mais de um mês para o início da Olimpíada, o Velódromo que vai abrigar as provas de ciclismo abriu as portas em um clima bem diferente das outras estruturas do Parque Olímpico: sem atletas brasileiros de destaque e com torcida de maioria estrangeira. Até a trilha sonora é toda de fora (nada, portanto, de Ivete Sangalo e Zeca Pagodinho, tão comuns em outras arenas).

O futuro do Velódromo depois dos Jogos é nebuloso – ao contrário de boa parte das arenas, que tem um plano de legado razoavelmente definido. Até agora, não está claro qual será o modelo de gestão do espaço a partir de outubro. Como o ciclismo é um esporte pouco praticado no Brasil, o mais natural seria a concessão da instalação para uma empresa privada administrar. A crise econômica e a profusão de arenas na Barra da Tijuca tornam mais difícil o interesse da iniciativa privada.

Os amantes do esporte no exterior não ligavam para a questão. O americano David Heat, de 56 anos, viajou da Califórnia até o Rio para acompanhar o ciclismo. “Boa sorte para vocês”, respondeu, ao ser questionado sobre a construção de um Velódromo no Brasil que dificilmente será usado no futuro “A arena está muito bonita. O piso está ótimo”.

O Velódromo foi a última obra a ser entregue para os Jogos. Custou 143 milhões de reais (estava orçado em 118 milhões de reais). O atraso que deixou irritado o prefeito do Rio Eduardo Paes foi causado pela Tecnosolo. À beira da falência, a empresa demorou a entregar várias etapas da obra, a ponto de ter o contrato rescindido às vésperas dos Jogos.

Nas pistas hoje, ouro para a Grã Bretanha, que bateu o recorde olímpico. O pódio foi completado por Nova Zelândia e França. As competições no Velódromo continuam neste sábado.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.