Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vela terá Nacra 17, Mackay FX e kitesurf na Olimpíada do Rio-2016

A Federação Internacional de Vela (ISAF) divulgou neste sábado as novas modalidades que farão sua estreia nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro-2016: o catamarã (misto) Nacra 17, o Mackay FX (feminino) e o kitesurf (masculino e feminino), sendo que a classe Star, a mais vitoriosa do Brasil, foi excluída.

A vela olímpica continua com 10 modalidades, portanto, três categorias ficaram fora dos Jogos. O Nacra 17 substituiu o Star, o Mackay FX (ou 49 FX) entrou no lugar do Elliott 6m, enquanto o kitesurf tirou o windsurf das categorias olímpicas.

A escolha das novas modalidades “marca uma nova era para a vela”, declarou o presidente da ISAF, Göran Peterson, durante uma reunião da entidade organizada em Stresa, na Itália.

“O kitesurf mostrou que está pronto para marcar presença nos eventos mais prestigiosos da ISAF e será um complemento fantástico para as provas de vela dos Jogos Olímpicos de 2016”, completou o dirigente.

A entrada da modalidade Nacra 17 marca a volta do catamarã nos Jogos, desde que foi descartada a classe Tornado, presente das Olimpíadas de Montreal-1976 a Pequim-2008.

O Nacra 17 substituiu a classe Star, a mais antiga das Olimpíadas, presente desde 1932, na qual o Brasil obteve o maior número de medalhas (5).

Nesta modalidade, Torben Grael conquistou dois ouros, em Atlanta-1996 e Atenas-2004 (ambas com Marcelo Ferreira), além de dois bronzes, em Seul-1988 (com Nelson Falcão) e Sydney-2000 (com Marcelo Ferreira).

Já Robert Scheidt e Bruno Prada faturaram a prata em Pequim-2008.