Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Vasco vence, assume liderança provisória e rebaixa o Avaí

Time carioca torce agora por um tropeço do Corinthians para permanecer em 1º

Por Da Redação 19 nov 2011, 20h04

O Vasco fez o dever de casa e venceu por 2 a 0 o Avaí, neste sábado, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. O resultado colocou os cruzmaltinos na liderança provisiória da competição, colocando pressão no Corinthians, e rebaixou os catarinenses matematicamente. Os gols da partida foram marcados por Felipe e Élton, no segundo tempo.

Tabela: confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Os donos da casa foram superiores durante os 90 minutos e só não abriram o placar na etapa inicial graças as boas defesas do goleiro Moretto. Além disso, os catarinenes tiveram um jogador expulso aos 20 minutos de jogo, quando o volante Júnior Urso recebeu o segundo cartão amarelo.

Na próxima rodada, o Vasco terá pela frente o clássico contra o Fluminense, no domingo, no Engenhão. Antes disso, os cruzmaltinos vão enfrentar a Universidad de Chile, pela Sul-americana, na quarta-feira. Já o Avaí passa a cumprir tabela no Brasileiro e terá pela frente o Coritiba, no Couto Pereira, no próximo fim de semana.

O jogo – Com a necessidade da vitória, o Vasco começou a partida pressionando o Avaí. No entanto, os cruzmaltinos não conseguima finalizar com perigo ao gol catarinense. Somente aos 18 minutos, Éder Luís foi lançado, entrou pela diagonal na área e chutou para grande defesa de Moretto. Para melhorar a situação dos donos da casa, o volante Júnior Urso foi expulso dois minutos depois por fazer falta em Diego Souza e recebero segundo amarelo.A partir dai, o Vasco passou a criar melhores chances e quase abriu o placar aos 26 minutos. Diego Souza finalizou de dnetro da área e viu Moretto fazer grande defesa salvando a abertura do placar. Dois minutos depois, foi a vez de Fágner arriscar, mas para fora.

Continua após a publicidade

No entanto, os cruzmaltinos diminuíram o ritmo e viram o Avaí avançar em alguns contra-ataques, mas em nenhum momento ameaçou o goleiro Fernando Prass. Nos minutos finais, os donos da casa voltaram a chegar com perigo e por duas vezes Diego Souza tentou marcar, mas parou em Moretto, principal responsável pelo empate sem gols no intervalo em São Januário.

O Vasco iniciou a etapa final seguindo com a pressão e teve sua primeira boa chance logo com dois minutos. Após boa troca de passes, a bola chegou em Éder Luís, que chutou, mas para fora. Só que três minutos depois não teve jeito. Juninho tocou para Felipe, que passou pelo marcador e chutou com a parte externa do pé, sem chance para Moretto para abrir o placar.

Mesmo após o gol, o Vasco não diminuiu o ritmo e seguiu buscando o gol. Tanto que aos nove minutos, em ataque rápido, a bola foi cruzada e o zagueiro Cássio quase colocou para a própria rede ao se antecipar a Diego Souza. Logo depois, Felipe tabelou com Élton e finalizou para grande defesa de Moretto, que também salvou os visitantes após cobrança de falta de Juninho.

De tanto insistir, os cruzmaltinos ampliaram o placar aos 20 minutos. Bernardo, que havoa acabado de entrar, acertou belo cruzamento pela esquerda e Élton cabeceou na rede do Avaí para deixar a torcida mais calma em Sã Januário.

Depois do segundo gol, o Vasco diminuiu o ritmo e passou a tocar mais a bola. Com isso, o técnico Cristovão Borges aproveitou para tirar os meias Diego Souza e Juninho, para preservá-los para o confronto do meio de semana contra a Universidad de Chile, pela Sul-americana. O Avaí basicamente tentava não levar o terceiro e avançava em contra-ataques sem perigo para Fernando Prass.

Nos minutos finais, o Vasco ainda buscou mais um gol, mas acabou desperdiçando as chances criadas. Com isso, o placar não foi alterado e os cruzmaltinos puderam sair de campo com o sentimento de dever cumprido.

Continua após a publicidade

Publicidade