Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vasco lidera indicações no Prêmio Craque do Brasileirão

Por AE

São Paulo – A CBF divulgou nesta quinta-feira os indicados ao Prêmio Craque do Brasileirão de 2011, durante um evento no Museu do Futebol, em São Paulo, que contou com a presença dos técnicos Mano Menezes e Ney Franco. O Vasco liderou a lista de candidatos, com cinco jogadores e ainda o treinador na disputa. E desbancou o Corinthians, com quem briga pelo título do campeonato, que conta com quatro atletas e o técnico na eleição.

Após receber votos de técnicos, jogadores e jornalistas, a CBF divulgou os três finalistas de cada categoria. Agora, os vencedores serão anunciados em 5 de dezembro, um dia depois da última rodada do campeonato. E a entrega será pela primeira vez em São Paulo, numa cerimônia marcada para o auditório do Ibirapuera – desde que foi criada em 2005, a premiação sempre aconteceu no Rio.

Assim como aconteceu no ano passado, a CBF optou por não divulgar os três candidatos ao prêmio de craque do Brasileirão, para que não ficasse claro que eles já haviam vencido em suas respectivas posições. Mas os finalistas do Craque da Galera, única categoria que conta apenas com votos dos torcedores, já foram anunciados: Dedé, do Vasco, Neymar, do Santos, e Liedson, do Corinthians.

Atual campeão da Copa do Brasil, o Vasco está em segundo lugar no Brasileirão, apenas dois pontos atrás do líder Corinthians – além disso, disputa a semifinal da Copa Sul-Americana. Diante da boa fase, teve cinco indicados ao prêmio: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Rômulo e Diego Souza. E ainda está na disputa de melhor técnico, com Ricardo Gomes, que acabou se afastando durante o campeonato após sofrer um AVC, e o seu auxiliar Cristóvão Borges, que o substituiu desde então.

O Botafogo também aparece com cinco jogadores indicados (Jefferson, Antônio Carlos, Cortês, Renato e Loco Abreu), mas leva desvantagem em relação ao rival carioca por não figurar entre os treinadores. A equipe brigou pelo título ao longo de boa parte da competição, mas entrou em crise com uma sequência de derrotas nas últimas rodadas, demitiu seu treinador, Caio Júnior, e hoje corre risco de ficar até sem a vaga na Libertadores.

Líder do Brasileirão e principal candidato ao título, o Corinthians aparece logo atrás dos dois times cariocas, com quatro jogadores indicados (Julio Cesar, Leandro Cástan, Ralf e Paulinho), além do técnico Tite. O menor número de indicações não chega a ser surpreendente, já que, ao longo da competição, os próprios atletas apontaram que a força da equipe corintiana era o conjunto.

Grande surpresa do campeonato – está em quinto lugar -, o Figueirense aparece com três finalistas entre os jogadores (Bruno, Juninho e Julio Cesar), além do técnico Jorginho. O Fluminense, que ainda briga pelo título, também teve três indicados (Mariano, Deco e Fred), mesmo número do Santos, que praticamente abandonou a disputa do Brasileirão por conta da conquista da Libertadores – os santistas na eleição são Arouca, Neymar e Borges.

Confira a lista de indicados ao Prêmio Craque do Brasileirão:

Goleiro – Fernando Prass (Vasco), Jefferson (Botafogo) e Julio Cesar (Corinthians)

Lateral-direito – Bruno (Figueirense), Fagner (Vasco) e Mariano (Fluminense)

Zagueiro pela direita – Antônio Carlos (Botafogo), Dedé (Vasco) e Rhodolfo (São Paulo)

Zagueiro pela esquerda – Emerson (Coritiba), Leandro Castán (Corinthians) e Réver (Atlético-MG)

Lateral-esquerdo – Cortês (Botafogo), Juninho (Figueirense) e Kléber (Inter)

Primeiro Volante – Arouca (Santos), Ralf (Corinthians) e Rômulo (Vasco)

Segundo Volante – Marcos Assunção (Palmeiras), Paulinho (Corinthians) e Renato (Botafogo)

Meia-direita – Deco (Fluminense), Diego Souza (Vasco) e Lucas (São Paulo)

Meia-esquerda – Montillo (Cruzeiro), Ronaldinho Gaúcho (Flamengo) e Thiago Neves (Flamengo)

Atacante 1 – Julio Cesar (Figueirense), Leandro Damião (Inter) e Neymar (Santos)

Atacante 2 – Borges (Santos), Fred (Fluminense) e Loco Abreu (Botafogo)

Técnico – Jorginho (Figueirense), Ricardo Gomes/Cristóvão Borges (Vasco) e Tite (Corinthians)

Árbitro – Leandro Vuaden, Paulo Cesar de Oliveira e Sandro Meira Ricci

Revelação – Cortês (Botafogo), Leandro Damião (Inter) e Wellington Nem (Figueirense)

Craque da Galera – Dedé (Vasco), Liedson (Corinthians) e Neymar (Santos)