Clique e assine a partir de 8,90/mês

Vasco joga mal, mas bate Atlético-GO e encosta no líder

Time carioca conquistou três pontos com a vitória no Campeonato Brasileiro, mas saiu do campo vaiado pela torcida, neste domingo

Por Da Redação - 15 jul 2012, 20h38

Vasco jogou mal, mas conseguiu vencer por 1 a 0 o Atlético-GO, neste domingo, em São Januário, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time carioca recuperou a vice-liderança da cometição, com 20 pontos, apenas dois a menos que o líder Atlético-MG. Já os goianos seguem na lanterna. O gol da vitória foi marcado pelo zagueiro atleticano goianiense Gabriel, contra, no primeiro tempo.

TABELA: Confira os resultados da 9ª rodada do Brasileirão 2012

Os donos da casa foram melhores na etapa inicial e abriram o placar quando Juninho Pernambucano cobrou falta, Alecsandro desviou de cabeça e o zagueiro Gabriel tentou tirar, mas acabou marcando gol contra. O Vasco desperdiçou boas chances de ir para o intervalo com mais vantagem no placar e acabou sendo alvo de pressão do time adversário no segundo tempo. O Atlético-GO chegou a lançar duas bolas na trave de Fernando Prass, mas foi derrotado mais uma vez no Brasileiro.

Na próxima rodada, O Vasco vai encarar o São Paulo, na quarta-feira, no Morumbi. Já o Atlético-GO, entra em campo nesta quinta-feira contra o Figueirense, no Serra Dourada.

O jogo – As duas equipes começaram a partida cautelosas, valorizando a posse de bola e marcando muito. O Vasco tentou pressionar, mas errou muitos passes no ataque. O Atlético-GO não se intimidou e buscou o ataque. Os visitantes finalizaram pela primeira vez com algum perigo aos 11 minutos. Wesley ficou com a bola após escanteio e arriscou na entrada da área, à esquerda do gol de Fernando Prass.

Na primeira chance, o Vasco abriu o placar em São Januário, aos 13 minutos. Juninho Pernambucano cobrou falta na área, Alecsandro desviou, a bola bateu no zagueiro Gabriel e enganou o goleiro Márcio. O árbitro assinalou o gol para o defensor goiano.

Mesmo depois do gol, o Vasco seguiu melhor em campo e quase marcou aos 17 minutos. Juninho Pernambucano cobrou falta e Márcio voou para salvar o Atlético-GO. Só que depois do lance, os cruzmaltinos diminuíram o ritmo e a partida entrou num ritmo mais lento. Somente nove minutos depois, os donos da casa chegaram novamente ao ataque. Após cruzamento, Willian Barbio não alcançou e Diego Souza apareceu para tentar de voleio, mas a bola foi para fora.

Continua após a publicidade

Depois disso, o Atlético-GO buscou mais o ataque. No entanto, o Vasco conseguiu chegar mais perto do gol. Aos 33 minutos, Willian Barbio recebeu a bola, entrou na área e chutou cruzado, mas o goleiro Márcio fez boa defesa. Quatro minutos depois, foi a vez de Juninho Pernambucano cobrar falta de longe e obrigar o arqueiro goiano a salvar os visitantes.

Nos minutos finais do primeiro tempo, o Atlético-GO conseguiu criar sua melhor chance já nos acréscimos, quando Marcos foi lançado pela direita, puxou para o meio e chutou para grande defesa de Fernando Prass. Com isso, o Vasco foi para o intervalo com a vantagem no placar.

Segundo tempo – O Atlético-GO por pouco não empatou logo aos três minutos do segundo tempo. Felipe foi lançado na área e no momento de finalizar foi abafado por Fernando Prass, que salvou o Vasco. A resposta cruzmaltina veio em seguida quando Juninho Pernambucano cobrou falta e Dedé quase marcou. Depois, o meia vascaíno tentou direto e parou em Márcio.

Os vistantes não se intimidaram e foram para cima. Aos sete minutos, Felipe recebeu na área e acertou o travessão de Fernando Prass. No rebote, o atacante finalizou em cima da zaga cruzmaltina. Dois minutos depois, foi a vez de Wesley arriscar na entrada da área, sem sucesso. O Vasco buscou o ataque, mas errou muito e pareceu preocupado em não sofrer o revés.

O Vasco voltou a ser pressionado. O Atlético-GO colocou outra bola na trave dos cariocas aos 28 minutos. Após cruzamento, o zagueiro Gílson apareceu livre e tocou na saída de Fernando Prass, mas acertou o poste esquerdo para desespero dos goianos. A resposta dos cruzmaltinos veio quatro minutos depois, quando Carlos Alberto foi lançado na área e finalizou. O goleiro Márcio fez a defesa e chutou a bola.

Nos minutos finais, o Vasco passou a se defender e viu o Atlético-GO desperdiçar uma chance incrível já nos acréscimos. Após cruzamento, o zagueiro Gabriel apareceu sozinho e finalizou em cima de Fernando Prass, que espalmou para o alto e colocou a bola para fora do gol. Com isso, o Vasco saiu de campo com os três pontos, mas muito vaiado pela torcida.

(Com Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade