Clique e assine com até 92% de desconto

Vasco fica no empate com o Figueira e perde a chance de liderar

Por Da Redação 11 set 2011, 17h59

Em um jogo muito disputado em Florianópolis, o Vasco empatou por 1 a 1 com o Figueirense, neste domingo, no Estádio Orlando Scarpelli, e perdeu a chance de ser líder do Campeonato Brasileiro, já que o primeiro colocado Corinthians perdeu para o Fluminense no Rio de Janeiro. Os gols da partida foram marcados no primeiro tempo, com Wellington Nem anotando para os donos da casa e Fagner empatando para os visitantes.

Com o resultado o Vasco foi aos 42 pontos e subiu temporariamente para a segunda colocação, mas depende de uma derrota do São Paulo para o Grêmio para continuar vice-líder. Já o Figueirense atingiu os 31 pontos e permaneceu na parte intermediária da

Em um primeiro tempo movimentado, o Figueirense abriu o placar logo aos quatro minutos, mas deixou o Vasco empatar pouco depois. Ainda na primeira etapa, dois gols do time carioca foram anulados pelo juiz Nielson Nogueira Dias. Um deles, o de Elton, equivocadamente. Na etapa final o ritmo da partida caiu e o resultado não foi alterado.

No próximo final de semana Vasco e Figueirense voltam a atuar pelo Campeonato Brasileiro. No sábado, às 18 horas (de Brasília), o time carioca recebe o Grêmio em São Januário. No domingo, a equipe catarinense duela contra o Atlético-PR, às 16 horas (de Brasília), na Arena da Baixada.O jogo – O Figueirense começou melhor na partida e chegou rapidamente ao gol. Após cobrança de falta de Elias, a zaga vascaína afastou parcialmente e o volante Ygor repôs a bola na grande área. Sem marcação, Wellington Nem só teve o trabalho de empurrar para as redes e abrir o placar no Orlando Scarpelli.

Após sair em desvantagem o Vasco não se desesperou e passou a tocar mais a bola, explorando principalmente as investidas de Fagner pela direita. Em uma delas, o lateral foi até a linha de fundo, cruzou rasteiro e quase balançou as redes após um desvio do zagueiro Roger Carvalho.

Continua após a publicidade

Pouco depois, em jogada despretensiosa, Fagner conseguiu empatar a partida. Novamente pelo lado direito, perto da entrada da área, o jogador bateu cruzado sem muita força, mas ninguém conseguiu desviar a bola, que passou pelo goleiro Wilson e foi morrer no fundo das redes do Figueirense.

Após o gol de empate o jogo seguiu movimentado no primeiro tempo, com as duas equipes tendo chances de marcar. Aos 31 minutos, Somália recebeu de Wellington Nem na grande área, bateu de perna esquerda e Fernando Prass defendeu em dois tempos.

Pouco depois o Vasco respondeu com Elton, que recebeu cruzamento da direita e concluiu para as redes, mas a arbitragem marcou de forma equivocada o impedimento do atacante. Na sequência, Diego Souza tentou cruzamento da esquerda, a bola mudou de direção e tocou na trave do Figueirense.

No último minuto da primeira etapa o Vasco teve mais um gol anulado, desta vez de Diego Souza, que dominou a bola com a mão para driblar Fernando Prass e tocar para o fundo das redes.

No segundo tempo o ritmo da partida caiu, mas as duas equipes seguiram com condições de buscar o gol da vitória. Apostando nas bolas paradas, o Figueirense quase ampliou o placar após cobrança de falta de Elias, mas Fernando Prass tirou a bola da cabeça de Ygor.

Quando as chances já eram raras e o empate era quase certo, Diego Souza recebeu passe dentro da área e saiu cara a cara com o goleiro Wilson, mas o chute do vascaíno parou no arqueiro do Figueirense, que garantiu a igualdade no placar.

Continua após a publicidade
Publicidade