Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vasco decide vaga para as quartas da Libertadores com Lanús na Argentina

O Vasco enfrenta nesta quarta-feira os argentinos do Lanús, em Buenos Aires, para tentar carimbar seu passaporte para as quartas de final da Taça Libertadores, com a vantagem de poder jogar pelo empate após ter vencido por 2 a 1 na ida, em São Januário.

Mesmo assim, o técnico Cristóvão Borges deve manter uma equipe com postura ofensiva, ao escalar juntos os veteranos Juninho Pernambucano e Felipe, além de Diego Souza, Éder Luis e Alecsandro.

“Temos que saber defender e ser inteligentes, mas a nossa equipe tem vocação ofensiva. Fazer um gol seria fundamental para fazer prevalecer a vantagem que conseguimos no Rio. Se jogarmos na retranca, não vamos nos classificar”, declarou o treinador.

No jogo de ida, a vitória teve um sabor amargo porque o Vasco vencia por 2 a 0, mas sofreu um gol do uruguaio Regueiro aos 17 do segundo tempo.

Logo depois de o Lanús diminuir o placar, Cristóvão Borges foi vaiado pela torcida ao substituir o meia Felipe por um jogador mais defensivo, o volante Felipe Bastos.

Desta vez, o técnico prefere partir para cima para fazer um gol fora de casa em vez de tentar segurar o 0 a 0, ainda mais porque sabe que uma vitória simples por 1 a 0 dará a vaga ao Lanús.

A delegação do Vasco chegou em Buenos Aires na noite de segunda-feira, mas nesta terça-feira, o clube argentino negou à equipe carioca o direito de reconhecer o gramado do estádio Néstor Díaz Pérez, conhecido como ‘La Fortaleza’.

Com apenas quatro participações na Libertadores, o Lanús tentará chegar às quartas de final da competição pela primeira vez da sua história.

Para contar com seus principais jogadores a 100% das suas capacidades físicas, o técnico Gabriel Schurrer optou por poupar a maioria dos seus titulares na vitória por 1 a 0 contra o Godoy Cruz, no último domingo, pelo torneio Clausura do Campeonato Argentino.

Nas quartas, quem levar a melhor neste confronto enfrentará o vencedor do duelo entre o Corinthians e os equatorianos do Emelec, que se enfrentam, também nesta quarta-feira, no Pacaembu, após ter empatado sem gols na ida, em Guayaquil.

O pontapé inicial da partida será dado às 22h, no horário de Brasília, e o trio de arbitragem será paraguaio, com o juiz Carlos Amarilla auxiliado por Darío Gaona e Hugo Martínez.

– Possíveis escalações:

Lanús: Agustín Marchesín – Carlos Araujo, Paolo Goltz, Diego Braghieri, Maximiliano Velázquez – Mauro Camoranesi, Matías Fritzler, Guido Pizarro, Diego Valeri – Mario Regueiro e Mariano Pavone. T: Gabriel Schurrer.

Vasco da Gama: Fernando Prass – Fagner, Renato Silva, Rodolfo, Thiago Feltri – Romulo, Felipe, Juninho Pernambucano, Diego Souza – Eder Luis e Alecsandro. T: Cristovão Borges.