Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Valdivia sofre sequestro-relâmpago e viaja para o Chile

Por Ricardo Valota e Ciro Campos

São Paulo – O meia Valdivia, do Palmeiras, foi vítima, na noite da última quinta-feira, de um sequestro-relâmpago na capital paulista. A Polícia Militar confirmou o assalto sofrido pelo jogador, mas, a pedido do próprio atleta chileno, não pôde passar maiores detalhes sobre o caso.

Segundo informações, Valdivia teria sido dominado pelos criminosos por volta das 21 horas, na Avenida Sumaré, na zona oeste de São Paulo, e, após o sequestro relâmpago, foi abandonado em frente do Centro de Treinamento do Palmeiras, na Avenida Marquês de São Vicente, na região da Barra Funda, também localizado na zona oeste da cidade.

Por volta das 23 horas, Valdivia ligou para o 190 solicitando uma viatura que o levasse ou acompanhasse até a sua casa, pois ainda estava com medo de retornar sozinho para a residência. O atleta, que registrou boletim de ocorrência, não sofreu ferimentos, mas teve a quantia de R$ 1.000 roubada pelos ladrões. Os criminosos rodaram por duas horas acompanhados do jogador e da sua mulher dentro do carro do casal e forçam o atleta a fazer saques em caixas eletrônicos durante o trajeto.

Nesta sexta-feira pela manhã, os titulares do Palmeiras que enfrentaram o Sport na última quarta-feira, em Recife, retornaram aos treinos e o clube confirmou que Valdivia já viajou para o Chile para encontrar os seus familiares em sua terra natal. Por meio de sua assessoria, o Palmeiras destacou que o jogador está muito assustado depois de ter sofrido o sequestro-relâmpago e por isso foi descartado do duelo deste sábado, contra o Atlético-MG, às 21 horas, no Pacaembu, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras informou que Valdivia retornará ao clube na próxima segunda-feira, quando o time dirigido por Luiz Felipe Scolari iniciará a preparação para o duelo de quarta, contra o Grêmio, no Olímpico, pela semifinal da Copa do Brasil. Por estar suspenso, o meia chileno não atuará neste confronto de ida do mata-mata e com isso só poderá voltar a atuar pelo time no próximo dia 17, contra o Vasco, na Arena Barueri, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.