Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Valdivia nega saída do Palmeiras

Meia chileno tinha tudo acertado com o Al Sadd do Catar. Mas em reunião nesta quarta à noite resolveu pendências com Palmeiras

Por Da Redação 8 set 2011, 12h38

O meia Valdivia participou ao vivo do programa Jogo Aberto, na TV Bandeirantes, nesta quinta-feira, e negou que aceitou a proposta do Al Sadd, do Catar. O jogador do Palmeiras disse que se reuniu na noite de quarta-feira na casa do presidente Arnaldo Tirone, e o dirigente deixou claro que a intenção do clube era continuar com o jogador. “O dinheiro que eles ofereceram iria me deixar seguro financeiramente o resto da vida, mas eu não seria feliz lá.”

Estava tudo certo com o Al Sadd. Valdivia deveria assinar o contato nesta quinta. Os valores da negociação giravam em torno de 15 milhões de reais. Na noite de terça-feira, Valdivia se reuniu com o representante do clube do Catar e pediu salário um pouco maior do que o oferecido. E recebeu a notícia, um dia depois, que a proposta fora aceita.

Valdivia seria vendido por 8,25 milhões de euros (15,1 milhões de reais). A parte do Palmeiras seria de 5,5 milhões de euros (12,9 milhões de reais).

Em seu perfil no Twitter, Valdivia publicou: “…deixei d receber 3.000.000 d euros p ficar aqui!! Nao deixem q os outros enganem vcs!! Nao sou o melhor Mas tbm Nao sou o pior! custo beneficio!!”

Machucado – Valdivia fez 40 jogos desde a sua volta ao Palmeiras, em agosto do ano passado, e se envolveu em várias confusões. A tualmente se recupera de lesão na coxa direita que o afastará dos gramados por um mês.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade