Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Valdívia explica queda de rendimento no Palmeiras: ‘Time não é o de 2008’

Por Da Redação 8 set 2011, 12h43

Após o Palmeiras desembolsar R$ 14 milhões para trazê-lo de volta ao futebol brasileiro, Valdívia não correspondeu às expectativas, tanto do clube como do seu torcedor. Jogando nem a metade dos jogos disputados pela equipe nesta temporada, o chileno, além de dizer que pretende permanecer no Verdão, destacou que o time deste ano não é o mesmo de 2008, quando sagrou-se campeão paulista.

‘Quero respeitar meus anos de contrato e tentar agradar de novo nosso torcedor. Eu sei que eles esperam que eu seja o cara de 2008. Eu quero jogar como todos querem que eu jogue, mas todos precisam entender que o time não é o mesmo daquela época’, explicou Valdívia, em entrevista à Band.

Valdívia ainda se questiona sobre os motivos da queda do seu rendimento ao longo dos últimos anos. ‘Entramos em campo e tentamos ajudar o máximo possível. Eu não sei por que não sou mais o jogador daquela época, só sei que o time não é aquele’, lembrou.

‘Mas estou aqui para lutar e representar bem o manto do Verdão e meus anos de contrato’, disse o chileno, que recebeu uma proposta milionária do Al Saad, do Catar, recentemente. ‘A proposta deste time era muito boa. Seria um dinheiro que poderia me ajudar pelo resto da minha vida, mas de coração, eu não seria feliz’, completou o meio-campista.

Continua após a publicidade
Publicidade