Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vaiado pela torcida, Andrezinho é protegido por Antônio Carlos

O zagueiro Antônio Carlos, do Botafogo, tentou mostrar a união do elenco. O jogador defendeu o meia Andrezinho, que foi muito vaiado pela torcida quando substituído na última quarta-feira, no empate sem gols com o Guarani, no Rio de Janeiro.

‘No Internacional ele não jogava o tempo todo, só entrava no decorrer das partidas. Ele tem se esforçado e querendo muito, por isso temos que dar apoio a ele’, disse Antônio Carlos.

Quando Andrezinho foi substituído e as vaias vieram, Antônio Carlos aplaudiu o jogador. Depois, revelou que o meia ficou muito abalado com as críticas dos torcedores do Fogão. ‘Eu puxei a palma porque sei que ele quer vencer. Ele fica abatido com isso e temos que ajudá-lo’, afirmou.

Antônio Carlos também aproveitou para destacar a pressão que o clube sofre pelo jejum de títulos, dando a receita para os jogadores reverterem a situação. ‘Primeiro é ganhar os jogos, a pressão é grande porque não ganhamos um título nacional há muito tempo. Tomara que sábado, diante do Bangu a torcida lote o Engenhão e nos apóie’, finalizou o zagueiro.

Neste sábado, às 18h30 (de Brasília), o Botafogo recebe o Bangu, no Estádio Engenhão, pela semifinal da Taça Rio, segundo turno do campeonato carioca.