Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Usain Bolt insiste em seu sonho de virar jogador de futebol

Para velocista jamaicano, ser um dos maiores atletas de todos os tempos no atletismo parece não ser o bastante: 'Acho que eu poderia ser um bom lateral'

Por Da Redação 8 jul 2011, 10h38

“Preciso de um desafio que possa superar, e sei muito bem que não serei bom no lançamento de peso ou no dardo”, disse o jamaicano

O velocista jamaicano Usain Bolt, campeão olímpico e mundial dos 100 metros, 200 metros e revezamento 4 x 100 metros, não está satisfeito em ser um dos maiores atletas da história do atletismo. Ele quer iniciar “a todo custo” uma carreira no futebol – e está convencido de que pode chegar a ser um atleta competente no esporte.

“Acho que posso ser um bom jogador e quero provar isso”, assegurou o recordista mundial em entrevista publicada nesta sexta-feira pelo diário francês Le Parisien por ocasião de sua participação num meeting de atletismo, em Paris. Bolt, grande fã do futebol, disse que sua possível transição para o mundo da bola só poderá ocorrer quando ele se aposentar do atletismo.

Embora reconheça que já não terá idade para uma carreira profissional normal, Bolt revelou que sua intenção é jogar “só dois anos” para provar suas habilidades. Questionado sobre a posição que gostaria de ocupar no campo, o velocista afirmou que poderia ser “um bom lateral”, até porque poderia aproveitar sua velocidade.

“Preciso de um desafio que possa superar, e sei muito bem que não serei bom no lançamento de peso ou no dardo”, indicou o jamaicano de 24 anos para justificar sua aposta no futebol. O recordista mundial dos 100 metros, com 9.58 segundos, disse que seus maiores ídolos no esporte são Muhammad Ali, Maradona, Pelé e Kevin Garnett.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade