Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

US Open: quadra central vai ganhar cobertura retrátil

Organização do torneio quer evitar adiamentos, como nas últimas cinco finais

A organização do US Open anunciou nesta quarta-feira, por meio de seu perfil no Twitter, que será construído um teto retrátil na Arthur Ashe Stadium, quadra principal do complexo de Flushing Meadows, batizado de Billie Jean King National Tennis Center, em Nova York, para evitar que as partidas sejam interrompidas quando chover – as últimas cinco finais do US Open foram adiadas por causa de pesadas chuvas. A Associação de Tênis dos Estados Unidos vai anunciar detalhes da construção do teto nesta quinta-feira.

Leia também:

Nadal sobe para 3º no ranking. Em duplas, Bruno Soares é 4º

Sharapova lidera lista das atletas mais bem pagas do mundo

US Open terá premiação recorde: 78 milhões de reais

Os planos de reforma no complexo incluem duas novas quadras e uma praça de onde os torcedores poderão ver os tenistas em treinamento. Outros dois torneios de Grand Slam já têm quadras cobertas – Wimbledon e o Aberto da Austrália.

(Com Estadão Conteúdo)