Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Uruguai x Inglaterra: na decisão, todos de olho em Suárez

Seguidores da celeste torcem para ver o artilheiro de volta; os ingleses esperam que ele nem venha para o jogo. 'É um gênio', afirma o capitão (e amigo) Gerrard

“O Luís é um bom amigo meu, trocamos mensagens nas últimas semanas, mas até o jogo, nada de conversa”, disse o capitão da Inglaterra, Gerrard, um dos cinco titulares que são colegas do uruguaio no Liverpool

A escalação do atacante Luís Suárez não foi confirmada, mas ainda assim ele é o centro das atenções antes da partida entre Uruguai e Inglaterra, nesta quinta-feira, às 16 horas (de Brasília), no Itaquerão, em São Paulo. É jogo de vida ou morte: uma derrota pode significar a eliminação precoce de uma das seleções apontadas como candidatas ao título. Por isso, acredita-se que o técnico Óscar Washington Tabárez nem pensa em abrir mão do talento de seu matador, que se recupera de uma lesão no joelho – ao se negar a revelar a escalação na véspera da partida, ele estaria apenas recorrendo à velha catimba uruguaia para confundir o adversário. Os ingleses, entretanto, estão mais do que atentos a Suárez, que defende o Liverpool e foi o artilheiro e melhor jogador da última edição do campeonato do país (foram 31 gols em 33 partidas). Nada menos de cinco titulares do English Team, incluindo o capitão Steven Gerrard, são companheiros de time do craque uruguaio de faro de gol apurado e incrível talento também para se meter em confusões.

Leia também:

Uruguai está contra a parede e promete escapar de novo

Sob clima londrino, a Inglaterra espera acelerar ainda mais

Os personagens da espetacular primeira rodada da Copa

“Ele é um gênio”, disse Gerrard na quarta, pouco antes do treino de reconhecimento do gramado em São Paulo. “Será um grande diferencial para nossos oponentes se ele estiver em campo.” O capitão inglês não usou sua amizade com o uruguaio para descobrir se ele estará ou não no campo do Itaquerão. “Não falarei com ele antes do jogo, pois isso seria muito desrespeitoso com meus companheiros. O Luís é um bom amigo meu, trocamos mensagens nas últimas semanas, mas até o jogo, nada de conversa.” O técnico uruguaio se disse satisfeito com a recuperação clínica do atleta, que passou até por uma pequena cirurgia antes do Mundial. “O tratamento aconteceu sem contratempos, o joelho dele aguentou bem o aumento da carga de trabalho”, contou Tabárez, que destaca o poder de superação do atacante: “Ele conseguiu superar muitas coisas”. Mas o veteraníssimo treinador uruguaio logo tentou despistar os adversários mais uma vez, dizendo que não sabe qual será o desempenho de Suárez se ele de fato jogar nesta quinta. “Ele pode não ser o mesmo atleta do resto da temporada”, lembrou, mantendo o mistério.