Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Universidad de Chile recebe LDU por título inédito

Por Da Redação 13 dez 2011, 15h58

Santiago do Chile, 13 dez (EFE).- A Universidad de Chile receberá nesta quarta-feira a LDU no jogo mais importante de sua história, a disputa pelo seu primeiro título internacional.

Embora dispute com o Colo Colo a condição de clube mais popular do Chile, onde ganhou 14 títulos locais, o histórico da ‘La U’ está em branco em títulos internacionais, ao contrário do seu adversário, que já ganhou a Copa Sul-Americana e também a Libertadores.

Com uma campanha impecável, a ‘La U’, que ainda não conheceu a derrota, já deu o primeiro passo rumo ao título. Na última quinta-feira, a equipe chilena venceu a LDU fora de casa, por 1 a 0, e ficou ainda mais perto de levantar o caneco.

Mesmo com a vantagem, o técnico argentino Jorge Sampaoli ressaltou a dificuldade do duelo e do adversário.

‘A LDU ganhou do Vélez nas semifinais e será um jogo muito difícil para nós. Espero que a nossa equipe imponha um forte ataque contra jogadores experientes que podem nos prejudicar’, comentou Sampaoli.

‘Tiramos somente uma pequena vantagem em um jogo de 180 minutos, não é nada definitivo frente a um rival que ganhou quatro finais. Vamos impor nosso estilo, pensando que a possibilidade única é atacar’, acrescentou o treinador, que deve escalar o mesmo time que jogou em Quito, já que não tem desfalques para a partida.

‘Falta o último degrau, não podemos decretar o final agora’, comentou o meio-campo Charles Aránguiz sobre a vantagem do time chileno.

Em contrapartida, o técnico Edgardo Bauza, da equipe equatoriana, lamentou os desfalques de Ulises de La Cruz e Patrício Urrutia, lesionados.

A LDU chegou em Santiago na tarde da última segunda-feira e fez o tradicional reconhecimento do campo nesta terça.

Apesar de reconhecer que se trata de uma tarefa difícil, Bauza e seus jogadores acreditam que a equipe tem condições reais de vencer e conquistar o título.

Continua após a publicidade

‘Não é fácil, não somos favoritos, mas não seria a primeira vez que este grupo reverteria uma situação complicada’, explicou o técnico, enquanto Patrício Urrutia manifestou a disposição dos jogadores de jogar com a alma.

‘O importante é saber que cada um de nós podemos fazer um bom jogo e voltar com a taça ao Equador’, complementou Giovanny Caicedo.

Prováveis escalações:.

Universidad de Chile: Herrera; Acevedo, Osvaldo González, Marcos González e Rojas; Rodríguez, Aránguiz, Marcelo Díaz e Eugenio Mena; Vargas e Canales.

Técnico: Jorge Sampaoli.

LDU: Domínguez; Guagua, Araujo e Diego Calderón; Enrique Gámez, Hidalgo, Lucas Acosta, Paul Ambrossi e Luis Bolaños; Ezequiel González e Hernán Barcos.

Técnico: Edgardo Bauza.

Árbitro: Wilson Seneme (BRA).

Estádio: Nacional, em Santiago do Chile

ns/as

Continua após a publicidade
Publicidade