Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Único titular a não treinar, Emerson reforça tese contra simulação

O atacante Emerson foi o único jogador titular do Corinthians na vitória sobre o Bahia a não ir a campo na manhã desta terça-feira. O jogador ficou na parte interna do CT Joaquim Grava para fazer tratamento e não correu ao redor do gramado com os demais jogadores. O volante Ralf também não esteve, mas por sevir Seleção Brasileira, que fará amistoso com a Argentina.

Expulso de campo no domingo, Emerson pode ter problemas no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). De acordo com a súmula da partida, ele recebeu cartão amarelo por retardar o jogo ao simular lesão – a atitude teria sido orientada pelo auxiliar técnico Geraldo Delamore. Depois, o atacante levou vermelho ao bater palma ironicamente e dizer que o árbitro era idiota.

Sua ausência nesta terça-feira pode servir como argumento de defesa quanto à simulação relatada pelo árbitro Evandro Rogério Roman. A lesão, no entanto, pode não ter sido tão grave a ponto de o jogador não ter condição de deixar o gramado e pedir para ser retirado de maca.

‘Eu não estava no jogo, mas, pelo que soube, ele sentiu uma pancada e pediu atendimento. Achei que foi meio desproporcional (a decisão do árbitro)’, disse o médico de plantão, Ricardo Galotti. ‘Ele está em tratamento hoje (terça-feira). Ele sentiu a coxa direita e está tratando’.

De qualquer modo, Emerson está fora dos dois próximos compromissos do Corinthians no Campeonato Brasileiro. Ele estava pendurado e não enfrenta o Vasco, no domingo, por ter completado a série de três cartões amarelos. No domingo seguinte, o atacante também será desfalque, mas em virtude do cartão vermelho que recebeu por ironizar e ofender o árbitro.