Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Única’ opção para a lateral esquerda, Léo aprova possível chegada de Pirão

Desde a confirmação da venda de Alex Sandro para o Porto, de Portugal, o Santos vem sofrendo com a falta de opções na lateral esquerda.

Sem total confiança no jovem Wesley Santos, o técnico Muricy Ramalho pediu à diretoria a contratação de outro jogador para a posição, tendo em vista que só poderia contar com Léo para o setor.

Experiente, o camisa três do Peixe sabe que o clube precisa de mais atletas para a posição e aprovou a possível contratação de Pirão, do Criciúma: ‘Penso que precisamos ter outro lateral mesmo. Isso é normal em grandes times e com o Santos não é diferente. Espero que ele possa chegar para disputar posição e agregar. Se o Pirão vier será bem vindo e esperamos que ele nos ajude’, disse.

Enquanto isso, o próprio Pirão, cujos direitos federativos pertencem à Ponte Preta, destacou que não conversou com ninguém ligado ao santistas sobre uma possível negociação. Além do mais, como o jogador está emprestado até o fim do ano ao Criciúma, o Alvinegro Praiano teria que desembolsar R$ 500 mil como indenização aos catarinenses pela quebra de contrato.

Sem saber se Pirão será mesmo contratado, Léo espera dar conta do recado na posição e ter a maior sequência possível de partidas.

Em razão disso, o veterano lateral também valorizou o trabalho da comissão técnica do Santos para que ele se mantenha sempre em suas melhores condições físicas, visando estar apto a ter um bom rendimento: ‘Estou fazendo um trabalho de recuperação muito bom lá no Cepraf (Centro de Excelência em Prevenção e Recuperação para Atletas de Futebol). É um trabalho diferenciado do que eu fazia antigamente e que vem surtindo efeito. Quero continuar fazendo isso. Pode ser que eu fique fora de um ou outro jogo para não sobrecarregar. Mas isso a gente vê com a comissão técnica. Estamos sempre conversando. No entanto, se eu achar que estou bem vou sempre me colocar à disposição para jogar’, concluiu Léo.