Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Um novo Messi: craque fala sobre família, decepções e visual

Atacante revela que pintou o cabelo para deixar no passado as frustrações e garantiu que voltará a viver na Argentina depois que se aposentar

Por da redação Atualizado em 5 set 2016, 18h10 - Publicado em 5 set 2016, 11h03

Lionel Messi está diferente, e não apenas no visual. Depois de receber um enorme carinho dos argentinos, que clamaram por sua volta à seleção, o craque do Barcelona vem deixando de lado a timidez e mostrando detalhes de sua intimidade. Neste domingo, Messi concedeu uma rara e reveladora entrevista ao comediante Miguel Ángel Rodríguez, caracterizado como “Minguito”, um histórico personagem da Argentina, e falou sobre sua família, objetivos e frustrações. Relaxado no sofá do CT da seleção, em Ezeiza, explicou por que descoloriu o cabelo e deixou a barba crescer.

“Quis mudar para começar do zero. Vinha de muita confusão, de coisas que aconteceram. Pesei que tinha que acabar com isso e começar de novo”, disse Messi,  referindo-se à decepção vivida na final da Copa América Centenário – desperdiçou uma penalidade na decisão contra o Chile e perdeu sua terceira final em três anos com a seleção argentina.

Leia também:
Messi tem pé beijado e ressalta carinho da torcida em seu retorno à seleção
Messi está loiro! Relembre outros looks do argentino

Na conversa com o programa Polémica en el Bar, da Telefe, Messi explicou por que decidiu se aposentar da seleção argentina  e depois mudou de ideia. “Foi o que senti naquele momento, meu mundo caiu. Sentíamos que nossa vez tinha chegado, pelo grupo, pela forma que chegamos às partidas. Todos querem ganhar com a seleção, e eu mais do que ninguém. É um sonho que todos temos, de conseguir algo com a seleção, e chegamos tão perto… Por isso foi uma desilusão.”

Messi diz que esfriou a cabeça, repensou a situação e recuperou a confiança. “Em algum momento, vai acontecer (o título com a seleção argentina).” Na última quinta-feira, ele retornou ao time e marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Uruguai, em Mendoza. Messi, porém, sentiu dores no púbis e por isso não enfrentará a Venezuela nesta terça. 

Continua após a publicidade

Família – Ao falar sobre os filhos, Thiago e Mateo, e a mulher, Antonella, Messi contou detalhes de sua rotina. “Levo uma vida normal. Treino de manhã, tenho que chegar ao clube às 10h. Meu filho maior entra às 9h na escola. É perto de casa, então eu e minha mulher o levamos juntos. Depois fico até as 14h , mais ou menos, no clube, como e vou buscar o Thiago às 16h, sempre que posso.”, contou. “Depois nós quatro vamos fazer alguma coisa para cansar o Thiago, para que ele durma por volta das 21h”.

O comediante presenteou Messi com uma bola e pediu que a entregasse a Thiago. O jogador agradeceu, mas disse que o garoto, de 3 anos, não é um grande fã do esporte. “Não compro muitas bolas porque ele não gosta muito de futebol. Agora, no clube, armaram algo para os mais novinhos. Vamos ver se começa”, disse.

Argentina – Messi vive em Barcelona desde a adolescência, mas garantiu que voltará a Rosário, sua cidade natal, depois que se aposentar. “Sempre falamos sobre isso. Temos tudo aqui, minha família, a de Antonella, que também é de Rosário. Eu vivi pouco na Argentina, fui para Barcelona com 13 anos. Minhas raízes estão aqui.”

O camisa 10 ainda reforçou o desejo de um dia atuar por seu clube do coração, o Newell’s Old Boys. “Isso me encantaria, é algo que tenho pendente. Sou torcedor e é meu sonho desde pequeno. Minha vida mudou, fui para outro lado e não me arrependo, obviamente. Mas quero voltar a jogar na Argentina e no Newell’s, que é onde cresci.” Abaixo, a entrevista completa de Messi:

Continua após a publicidade
Publicidade