Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Um mês depois, São Paulo volta ao Morumbi e exalta força do estádio

Por Da Redação 21 abr 2012, 08h01

No dia 18 de março, o São Paulo vencia o Santos de virada naquela que seria a vitória mais marcante deste início de temporada no Tricolor. Um mês e três dias, cinco vitórias e uma derrota depois, a equipe volta ao Morumbi na noite deste sábado para encarar o Bragantino, em partida válida pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

O retorno à arena, que ficou indisponível para o futebol devido à realização de dois shows de Roger Waters, ex-integrante da banda de rock britânica Pink Floyd, foi bastante comemorado pelos são-paulino.

‘O Morumbi é um lugar que tenho me adaptado, adoro jogar lá e é minha casa. Nada é melhor que o Morumbi. Muitos falam que minha casa é a Arena (Barueri), mas Deus também tem me abençoado bastante no Morumbi. Me sinto cada vez melhor lá’, comentou o atacante Fernandinho, conhecido por fazer vários gols no estádio dos entornos da Capital, onde o time mandou seus últimos jogos.

O técnico Emerson Leão, que falou durante toda a fase de classificação que apenas o mando de campo era uma vantagem muito pequena para quem tivesse a melhor campanha, fez questão de exaltar a força que os comandados têm atuando em seus domínios.

‘Eu não acho que só o São Paulo, mas todos os times adoram jogar em casa, e tem que fazer prevalecer o seu estádio. Porque foi lá que você gastou para construir, que você está habituado a jogar. Morumbi é assim. Espero que o gramado esteja recuperado para podermos apresentar o melhor futebol’, explicou.

E, no que depender do retrospecto deste ano, a torcida pode esperar um bom resultado no embate decisivo. Foram oito jogos, com seis vitórias e dois empates, somando 19 gols marcados e apenas sete sofrido perante o público do Cícero Pompeu de Toledo.

Continua após a publicidade
Publicidade