Clique e assine a partir de 8,90/mês

Última fase de venda de ingressos para a Copa começa com lentidão

Foram colocadas à disposição, no site da Fifa, 199.519 entradas para 54 jogos

Por Da Redação - 15 abr 2014, 08h50

A última fase da venda de ingressos para a Copa do Mundo teve início nesta terça-feira. Mas quem tiver interesse precisa se apressar, e ter paciência. Isso porque as vendas, que começaram às 7 horas (horário de Brasília), são feitas por ordem de chegada, e há fila virtual. Quem acordou cedo e tentou comprar teve que esperar para acessar o sistema de comercialização dos ingressos. Inicialmente, serão colocadas à disposição dos torcedores 199.519 entradas para 54 jogos. Não haverá ingressos para a abertura, entre Brasil e Croácia, a final e as partidas México x Camarões, Inglaterra x Itália, Argentina x Bósnia, Brasil x México, Espanha x Chile, Camarões x Brasil, Croácia x México e Austrália x Espanha. A fase de vendas que tem início nesta terça-feira vai até 13 de julho, dia da final da Copa. Só será aceito pagamento por cartão de crédito ou débito e a carga disponível de ingressos será variável. Isso porque, durante esse período, bilhetes não pagos ou devolvidos por torcedores e patrocinadores da Fifa “voltarão para a cesta”, ou seja, serão renegociados.

Leia também:

Fifa tenta exibir otimismo – e espera testes em SP em maio

Família de operário morto no Itaquerão quer R$ 1 milhão

‘Não estamos totalmente prontos’, diz Valcke sobre a Copa

Além disso, a entidade acena com a possibilidade de colocar à venda uma carga suplementar em alguns estádios que ainda não têm a capacidade de público estabelecida com precisão. É o caso, por exemplo, do Itaquerão. Como o estádio da abertura da Copa ainda não foi concluído, a Fifa, apesar de já ter recebido o mapa dos assentos, não pôde fazer a contagem dos lugares diretamente no local. Esse procedimento é importante para que sejam verificados pontos cegos ou lugares que precisem ser reservados para a transmissão de TV. Por isso, no caso do Itaquerão, só 59.955 bilhetes foram colocados à venda para cada jogo, embora a estimativa seja de que o estádio comporte 68 mil torcedores.

Continua após a publicidade

Leia também:

Plano de segurança da Copa: R$ 1,9 bi e 170.000 agentes

​Contra protestos, Rio terá central de escoltas na Copa

Copa terá policiais estrangeiros dentro e fora dos estádios

Por enquanto, os bilhetes só podem ser comprados pelo site da Fifa (www.fifa.com/ingressos), mas, a partir de 1.º de junho, também haverá a possibilidade de adquiri-los nos centros de distribuição de ingressos que começarão a ser abertos pela entidade nas cidades-sede da Copa do Mundo. Em São Paulo haverá três centros de distribuição. O primeiro, que será aberto na sexta-feira, vai funcionar no Ginásio do Ibirapuera (Rua Manoel da Nóbrega, 1361), inicialmente apenas às sextas (das 12h às 20h), sábados e domingos (das 10h às 18h). A partir de 2 de maio, o local vai abrir todos os dias. Os outros dois centros – no Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1.000) e na Rua XV de Novembro, 347 – só começarão a operar em 1.º de junho.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade