Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

UFC: Weidman quebra a mão e luta com Belfort é adiada

Campeão dos médios levará cerca de um mês para se recuperar. Disputa de cinturão, prevista para 6 de dezembro, deve acontecer em fevereiro de 2015

Por Da Redação 23 set 2014, 10h33

A aguardada disputa de cinturão entre o campeão dos médios Chris Weidman e o brasileiro Victor Belfort não acontecerá mais no UFC 181, em 6 de dezembro, em Las Vegas. Nesta segunda-feira, o próprio Belfort anunciou que o americano quebrou a mão durante um treino e, por isso, a luta será reagendada para fevereiro de 2015. Com isso, a luta principal do UFC 181 será entra o campeão dos meio-médios Johny Hendricks e o desafiante Robbie Lawler.

Leia também:

Próximo adversário de Anderson Silva é preso nos EUA

‘Desisti do TRT, mas não da luta’, afirma Vitor Belfort

Vitor Belfort é criticado por desistir de duelo sem TRT

Continua após a publicidade

UFC 175: Weidman bate Lyoto e mantém cinturão

“Acabo de receber a notícia que o Chris Weidman quebrou a mão e nossa luta será adiada, ao que tudo indica, para fevereiro. Minha luta ficou mais distante, mas o treino e o foco continuam”, anunciou Belfort em suas redes sociais. Pouco depois, o presidente do UFC, Dana White, também se pronunciou via Twitter. “Weidman tem uma fratura e levará quatro semanas para se recuperar. Ele vai lutar em fevereiro contra o Vitor.”

A disputa entre Vitor Belfort e Chris Weidman estava inicialmente programada para o UFC 173, em maio, mas foi adiada devido à controversa proibição da terapia de reposição hormonal (TRT) realizada pelo brasileiro. O brasileiro Lyoto Machida foi escalado para substituir o compatriota e perdeu para o americano em julho. Chris Weidman se tornou o campeão dos médios após bater duas vezes o brasileiro Anderson Silva, antigo detentor do cinturão.

Chris Weidman quebrou a mão e nossa luta será adiada. #UFC181 Pic: Ryan Loco http://t.co/v7o3LALHXD pic.twitter.com/H8XCSKuCsU

– Vitor Belfort (@vitorbelfort) 23 setembro 2014

Continua após a publicidade
Publicidade